15 de julho, 2024

Últimas:

Canais em Veneza secam em nível recorde, e barcos não conseguem passar

Anúncios

Os famosos canais de Veneza, na Itália, que costumam sofrer inundações nesta época do ano, estão quase secos em alguns trechos, com níveis de água 70 cm abaixo da média (um recorde negativo para a região).

Por isso, nesta quarta-feira (22), gôndolas, táxis aquáticos e barcos-ambulância estão percorrendo trajetos alternativos.

Anúncios

Os seguintes fatores explicam esse fenômeno:

  • estiagem em toda a Itália, neste inverno europeu;
  • mudança nas correntes marítimas;
  • sistema de alta pressão;
  • Lua cheia (que influencia as marés).

Anúncios

À agência Associated Press, a cientista ambiental Jane Da Mosto, do grupo “We Are Here Venice”, explicou que, “no meio do inverno, a alta pressão atmosférica combinada com o ciclo lunar produz níveis ultrabaixos de água”.

Gôndolas não conseguem atravessar o Canal de Veneza (Foto: Reprodução)
Canal de Veneza com baixo nível de água (Foto: Reprodução)

Baixos níveis do rio Pó

O rio Pó, o mais longo da Itália, responsável por um terço da produção agrícola do país, registrou nesta semana 61% menos água do que o normal para esta época do ano.

Em julho de 2022, durante o verão no hemisfério norte, a Itália também enfrentou uma seca histórica e chegou a declarar estado de emergência para o entorno desse rio.

Fonte: Yahoo!

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Após enfrentar dias mais frios devido à passagem de uma frente fria, a cidade de Botucatu inicia a segunda...

Categorias