Campanha pede o fim do uso do nome ‘tomara que caia’, considerado sexista

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A fabricante de roupas Cia Hering lança o movimento “Liberdade é básico” com o objetivo de combater termos sexistas em seu setor a partir da sua marca Hering.

A primeira campanha busca substituir o termo “tomara que caia” para blusa sem alça. Para isso, a Hering está lançando um modelo exclusivo e limitado de blusa à venda no site da marca, com o convite para que as mulheres postem suas fotos com a peça e a hashtag #BlusaSemAlça.

A atriz Mariana Ximenes e outros influenciadores participarão da campanha ao longo de 2020. O movimento contará com ações e produtos que serão divulgados em breve.

Fonte: Exame

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes