Cadeirante confessa estupro de criança e é executado durante filmagem

O cadeirante Eduardo Santos Silva, 42 anos, foi executado nesta quinta (8) no bairro de Vida Nova, localidade do Recanto dos Pássaros, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador, com um tiro na cabeça. Ele perdeu o celular no dia anterior e foram encontradas vários fotos dele em ato sexual com menores de idade.

Antes de morrer, Eduardo confessa os crimes. “Eu me deixei levar pela aparência. E como todo mundo erra, eu errei”. O assassino gravou um vídeo mostrando o momento exato da morte.

Fonte: Tribuna da Bahia

 

Últimas

Migrantes haitianos recuperam a esperança no México

25 set 2021

O México é uma luz no fim do túnel para os cerca de 300 migrantes haitianos...

Categorias

Scroll Up