Cachorro que ficou internado em Botucatu após ser enterrado vivo, viaja de avião pela 1ª vez com nova família

O ‘Menino Bento’, o cachorro resgatado após ser enterrado vivo em um terreno às margens da Rodovia Antônio Romano Schincariol, em Tatuí, São Paulo, viajou de avião pela primeira vez com a nova família.

Ao G1, Nathalia Azevedo contou que a família viajou para Natal para visitar parentes durante o Natal. Em seguida, ela e os pais vão para o Recife no Ano Novo, e a ideia é que os três bichinhos da família acompanhem os passeios.

“A gente sempre leva os pets. A Lala, de 4 anos, já viajou outras vezes, mas essa é a primeira vez do Bento e do Pitoco. Eles são de pequeno porte e vão junto com a gente na cabine. A gente nunca deixaria eles irem na bagagem, se não, nem levaria”, afirma Nathalia.

A nova família de Bento mora na cidade de São Paulo, e todos pegaram um voo de três horas do aeroporto de Congonhas para o Rio Grande do Norte. Para embarcar com os animais, os passageiros precisaram seguir uma série de protocolos.

Patrizia Azevedo, mãe de Nathalia, contou que teve que comprar casinhas específicas para viagem e fazer um treinamento com os cachorros para eles não se estressarem com o confinamento. Além disso, a carteira de vacinação de todos precisava estar em dia.

Nathalia contou que decidiu adotar o Menino Bento após conhecer a história dele através de uma reportagem. Segundo ela, a vontade de adotar um animal que realmente precisava de ajuda já era antiga.

“Há um ano perdemos uma cadela, atropelada. Foi muito triste e estávamos esperando o momento certo para adotar outro animal. Quando soubemos da história e vimos o Bento, foi paixão à primeira vista. Mas o processo foi demorado, já que muitas famílias também se candidataram”, lembra a tutora.

Desde então, o Menino foi resgatado e passou por vários procedimentos em uma clínica de Botucatu. Em um deles, foi usada parte da pele da pata para enxertar os ferimentos no pescoço, mas o cachorro contraiu uma bactéria e os enxertos não se adaptaram ao corpo do animal.

Por isso, foi necessário fazer uma nova cirurgia, utilizando parte da orelha dele. Durante o procedimento, Bento chegou a ter uma parada cardíaca na cirurgia e “deu um susto” na equipe médica, mas se recuperou.

Desde que foi adotado no dia 1º de novembro, o Menino Bento vive como uma celebridade. Com mais de 5 mil seguidores no Instagram, ele exibe poses e looks das suas idas ao veterinário nas redes sociais. Parte das roupinhas dele são presentes dos fãs.

Bnews