Caçadora americana gera revolta ao matar girafa negra

Uma caçadora americana está gerando revolta nas redes sociais por matar uma rara girafa negra durante caçada na África do Sul.

Tess Thompson Talley postou fotos com o animal abatido um ano atrás, mas as imagens não causaram qualquer repercussão.

“A caçada da minha vida se tornou realidade hoje”, escreveu Tess ao postar as imagens. “Ela tinha mais de 18 anos, pesava 1,8 tonelada e pudemos retirar 900 quilos de carne dela”, acrescentou ela.

Porém, recentemente, o site “Africa Digest” republicou as fotos, causando ira de internautas.

“Um triste exemplo de pessoa que vive a emoção do momento e que tem um terrível senso do que é correto para matar só pelo próprio prazer”, manifestou uma pessoa no site de notícias.

“Deixe em paz um animal que não pode revidar, sua ignorante!”, protestou outra.

A americana, que mora no Kentucky (EUA), defendeu-se à Fox News:

“A espécie não é rara, era apenas bastante velha. As girafas ficam mais escuras com a idade.”

 

Girafa negra abatida por caçadora americana (Fotos: Reprodução)

 

Fonte: Extra