Brasileiro é preso por suspeita de matar a mãe a facadas em Portugal; ele é filho de ex-bispo da Igreja Universal

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O jovem brasileiro Lucas Paulo, de 23 anos, é apontado como o principal suspeito de matar a mãe, Teresa Paulo, de 53 anos, a facadas na casa em que moravam em Seixal, arredores de Lisboa, em Portugal, na segunda-feira, dia 2. A mulher foi encontrada morta pelo marido, o ex-bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, Alfredo Paulo, no chão da cozinha, já sem vida. Lucas, que foi adotado pelo casal, foi preso pela polícia e não mostrou nenhuma resistência.

Conforme o jornal português “Correio da Manhã”, o motivo do crime foram as intensas reclamações da mãe em relação a falta de interesse do filho com os estudos e trabalho. O laudo mostrou que Teresa tentou lutar pela vida, apresentando marcas de defensiva pelo corpo. De acordo com a publicação, a vítima recebeu mais de 20 facadas, sendo a maioria na região do pescoço.

Ela foi encontrada morta pelo marido, por volta das 20h30. O ex-bispo chamou o socorro e informou a polícia sobre o ocorrido. Lucas Paulo não saiu da residência e foi preso no local pelas autoridades portuguesas. Ele permanecer detido por 14 dias no Estabelecimento Prisional de Lisboa, tempo por causa da quarentena em razão da Covid-19.

Depois deste período, o brasileiro será levado à cadeia de Montijo, onde aguardará ao julgamento. O rapaz possui nacionalidade brasileira e portuguesa, e, segundo o jornal Correio da Manhã, teria sido adotado pelo casal, no Brasil, quando eles ainda atuavam na Universal.

O ex-bispo da Universal Alfredo Paulo com a mulher, Teresa, que foi morta a facadas
O ex-bispo da Universal Alfredo Paulo com a mulher, Teresa, que foi morta a facadas (Foto: Reprodução / Facebook)

Marido promete live sobre o caso

Conhecido por suas fortes críticas à igreja, o ex-bispo agradeceu as mensagens de apoio e prometeu fazer uma live em breve para explicar o aconteceu. Ele fez uma postagem na quarta-feira, dia 4, dois dias após a morte de Teresa. O casal estava junto há 32 anos.

“Gostaria de agardecer a todos que estão me ajudando neste momento tão difícil para mim. Em breve, eu farei uma live para falar sobre todo o ocorrido do falecimento da minha esposa”, disse no Facebook.

A Igreja Universal também se pronunciou e “lamenta o ocorrido, expressa seu pesar e pede orações à família”.

Ex-bispo da Universal afirmou que vai fazer uma live para falar sobre o assassinato da mulher, Teresa Paulo
Ex-bispo da Universal afirmou que vai fazer uma live para falar sobre o assassinato da mulher, Teresa Paulo (Foto: Reprodução / Facebook)

Fonte: Extra

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes