Professor é encontrado morto com facada nas costas; polícia investiga motivação homofóbica

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A polícia de Salvador investiga a morte de um professor de inglês, encontrado em seu apartamento no final do ano, no bairro de Brotas. Rodrigo Lapa, de 37 anos, tinha marcas de tortura em seu corpo, com uma faca cravada nas costas e o rosto queimado. O crime está sendo investigado pela titular da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), delegada Mariana Ouais.

No dia 27 de dezembro, Rodrigo se reuniu com amigos para uma cerveja, após deixar o restaurante onde fazia um bico para complementar a renda de professor. Esta foi a última vez em que foi visto com vida. Três dias depois, vizinhos acionaram a Polícia Militar por conta de um forte cheiro que vinha do apartamento do rapaz. Chegando lá, a PM se deparou com o corpo de Rodrigo, já em estado de decomposição.

Segundo o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a autoria do crime ainda não foi descoberta. Em entrevista a jornais locais, amigos e parentes da vítima acreditam que Rodrigo tenha sido vítima de homofobia, por conta dos requintes de crueldade.

Fonte: Extra

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes