Passarela das Cataratas é interditada por causa da cheia do Rio Iguaçu

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Vazão das Cataratas do Iguaçu está quase sete vezes acima do normal (Foto: Divulgação/Cataratas do Iguaçu S.A.)

A cheia do Rio Iguaçu aumentou a vazão das Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, nesta quinta-feira (3). No início da tarde, o volume de água no atrativo chegou a 9 milhões de  litros por segundo – é quase sete vezes acima do normal – o que fez a direção do Parque Nacional interditar a passarela de acesso à Garganta do Diabo. O normal é de 1,5 milhão de l/s.

Por medida de segurança, todas as grades de ferro foram retiradas. Ainda segundo o Parque, as Trilhas das Cataratas continuam abertas. Do lado argentino, as passarelas das Cataratas também foram interditadas.

Conforme a unidade de conservação, o volume de água acima da média se deve a chuvas que caíram no percurso do Rio Iguaçu. Com mais água nos reservatórios, as cinco usinas instaladas ao logo do rio liberam o excedente.

No dia 22 de novembro, a Usina de Itaipu abriu todas as 14 comportas do vertedouro por causa da vasão. A última vez que isso ocorreu foi em 2011. O volume de água dispensado pelas três calhas durante o teste operacional passava de 11 milhões de litros por segundo.

Funcionários do Parque Nacional do Iguaçu retiram as grades de proteção da passarela (Foto: Divulgação/Cataratas do Iguaçu S.A.)
Funcionários do Parque Nacional do Iguaçu retiram as grades de proteção da passarela (Foto: Divulgação/Cataratas do Iguaçu S.A.)

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes