Pandemia provoca queda de 75% no setor de brinquedos

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

No Brasil, o setor de brinquedos teve uma queda de 75% nas vendas por conta da pandemia do novo coronavírus. O Dia das Crianças é a esperança da indústria para recuperar o prejuízo dos meses anteriores.

Cerca de 40 mil brasileiros trabalham na indústria de brinquedos e presenciaram, nos últimos dois meses, as vendas caírem em quase 75% por causa do fechamento dos comércios. “Praticamente não vendeu nada, apenas 3% da meta. Mas, estima-se chegar ao final do mês com algo em torno de 20%”, relata o empresário David Gaspri.

Brasil possui cerca de 403 fábricas de brinquedo, que juntas faturam mais de R$ 10 bilhões por ano. Sem contabilizar os brinquedos eletrônicos, o País está entre os 10 maiores mercados do mundo. Como outros diversos setores, está sofrendo com a pandemia, mas utilizando esse tempo ocioso para criar vantagem sobre a concorrência e inovar nos itens para as crianças.

“Nós temos cerca de 1.300 novidades, três brinquedos novos por dia que encantam a garotada. Temos brinquedos para todos os gostos e bolsos, são 4.700 tipos diferentes de brinquedos para as 50 milhões de crianças que temos no Brasil”, relata Synesio Batista, Presidente da Associação de Fabricantes de Brinquedos.

A indústria trabalha para que, quando esse período de pandemia passar, não falte diversão e brincadeiras. 

Fonte: R7

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes