Padrasto é preso após morte de criança de 1 ano com lesões no corpo no interior de SP

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Polícia Civil de Limeira (SP) prendeu nesta sexta-feira (3) o padrasto de uma criança de 1 ano e seis meses que morreu após ser internada na Santa Casa da cidade com lesões pelo corpo. Suspeito de ter cometido o crime, ele teve prisão preventiva decretada.

De acordo com o delegado Munir Prestes, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade, foi registrado um boletim de ocorrência no plantão policial sobre supostos maus tratos contra a criança, após a internação.

Uma equipe de investigação foi até a unidade de saúde e trouxe o padrasto até a delegacia. Ele afirma que houve queda acidental, “o que não era corroborado pela fala de maneira precisa da médica pediatra, que fala que a vítima tinha diversos hematomas pelo corpo, que não seriam condizentes com uma queda acidental”, segundo Prestes.

“Diante dessa contradição entre o depoimento dele e a fala oficial entendemos de boa sugestão representar ao poder judiciário local pela prisão preventiva desse cidadão, tendo o juízo da 2ª Vara Criminal expedido o mandado de prisão”, acrescentou.

Mãe da criança teria saído

O delegado afirmou que a mãe da criança não estava em casa no momento em que ocorreram as lesões e que teria ido até um posto próximo fazer exames de rotina.

Também informou que o indiciado tem antecedentes criminais e já foi preso anteriormente. O corpo da criança foi encaminhado para realização de exame necroscópico no Instituto Médico Legal (IML) de Limeira.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes