Ibama confirma que óleo encontrado em três praias do ES é o mesmo que atingiu o Nordeste

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Até a noite desta segunda-feira (11), fragmentos de óleo chegaram a praias de três municípios do Espírito Santo. Em três delas, todas localizadas na cidade de São Mateus, no Norte do Estado, o Ibama confirmou que o óleo encontrado é o mesmo que atingiu o litoral do Nordeste. Militares da Marinha e do Exército atuam na limpeza das praias, que ainda não foram interditadas para banhistas.

A Marinha informou que a incidência dos pequenos fragmentos de óleo diminuiu nesta segunda-feira (11), principalmente no município de Conceição da Barra. As equipes já recolheram 400 kg de material nas praias do estado, sendo a maior parte constituída de areia.

Nesta segunda, foram detectados pequenos fragmentos de óleo nas seguintes localidades: Itaúnas e Bugia (Conceição da Barra); mangue de Mariricu, Barra Nova e Urussuquara (São Mateus); e Cacimbas (Linhares). A praia de Guriri (São Mateus) tem indícios leves, com ações de limpeza em andamento. Esses fragmentos ainda passarão por análise.

São Mateus

São Mateus, a menos de 100 quilômetros da divisa com a Bahia, foi o primeiro município capixaba a registrar o aparecimento do óleo. A substância foi recolhida nas praias de Guriri, Barra Nova e Urussuquara.

O rio Cricaré, que abastece também o município vizinho de Conceição da Barra, é uma preocupação da prefeitura. Se o rio for atingido, mais de 100 mil pessoas podem ficar sem água. “Como é que vai fazer? Não se tira o óleo da água, então é preocupante”, disse o prefeito Daniel Santana.

Além disso, a prefeitura fechou a Foz de rios menores, por precaução.

Foz do Rio Mariricu, em São Mateus, foi fechada para tentar impedir contaminação de óleo — Foto: Eduardo Dias/TV Gazeta
Foz do Rio Mariricu, em São Mateus, foi fechada para tentar impedir contaminação de óleo (Foto: Eduardo Dias/TV Gazeta)

Linhares

Na praia do Pontal do Ipiranga, em Linhares, o óleo apareceu pela primeira vez na manhã de domingo (10). O local foi limpo, mas o material voltou a aparecer nesta segunda-feira (11).

Militares do Exército limparam a Praia de Pontal do Ipiranga neste domingo (10) — Foto: Reprodução/ TV Gazeta
Militares do Exército limparam a Praia de Pontal do Ipiranga neste domingo (10) (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

O recolhimento do óleo foi interrompido por conta do avanço do mar. A prefeitura informou que os trabalhos serão retomados nesta terça-feira (12).

De acordo com a prefeitura, o Sistema de Comando em Operações (SCO) de Linhares vai realizar o fechamento da foz do Rio Doce, em Regência. A medida evitará que o material atinja e contamine o estuário local – onde o rio encontra o mar.

Conceição da Barra

No final da tarde deste domingo (10), foram coletados pequenos fragmentos de óleo na Praia do Surf, Sede de Conceição da Barra. A Marinha do Brasil foi notificada através do Gabinete de Gestão de Crise, recolheu os resíduos e os encaminhou para análise. Ao todo foram coletados aproximadamente 600 gramas da substância.

Em Conceição da Barra, fragmentos vão passar por análise — Foto: Divulgação/ Prefeitura de Conceição da Barra
Em Conceição da Barra, fragmentos vão passar por análise (Foto: Divulgação/ Prefeitura de Conceição da Barra)

As praias tiveram que ficar temporariamente interditadas, sendo liberadas em seguida. “A interdição foi apenas pelo período necessário para realizar limpeza, evitando-se assim aglomeração de curiosos sem equipamentos de proteção individual”, esclareceu o Secretário Municipal de Meio ambiente, André Tebaldi.

De acordo com o Ibama, também há registros da chegada do óleo em Itaúnas e na Foz lado norte do Rio São Mateus. O material ainda vai passar por análise.

Manchas de óleo

As manchas de petróleo em praias do Nordeste começaram a aparecer no dia 30 de agosto, na Paraíba. A substância é a mesma em todos os locais: petróleo cru. O fenômeno tem afetado a vida de animais marinhos e causado impactos nas cidades litorâneas.

O Espírito Santo é o 10º estado brasileiro a ser atingido pelo óleo. Já foram afetados: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes