Embraer determina suspensão das fábricas, mas manterá salários de funcionários

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Embraer determinou neste domingo, 22 de março, o afastamento de todos os seus funcionários nas fábricas da empresa, incluindo a unidade de Botucatu. A fabricante ressalta que a medida terá validade até 31 de março, sem prejuízo nos salários dos colaboradores.  O objetivo é minimizar os impactos da Covid-19, nova doença decorrente de coronavírus.

A medida visa manter apenas poucas atividades essenciais em operação, segundo a empresa. No entanto, alguns trabalhadores designados para o trabalho à distância em sistema de home-office prosseguirão com suas atividades normais.

“Ao longo dos próximos dias, a direção da empresa vai analisar a situação e, junto com os governos e sindicatos locais, tomar a decisão mais adequada para proteger os funcionários do contágio pelo coronavírus e, ao mesmo tempo, proteger o nosso negócio, de forma que todos sofram o menor impacto possível”, frisou a empresa.

A empresa informará a todos sobre as próximas decisões até o dia 30 de março. Em Botucatu a fabricante mantém 1.500 funcionários.

Confira o comunicado emitido pela empresa

Visando a saúde e o bem-estar dos funcionários, a Embraer tomou a decisão hoje, 22/03, de colocar os funcionários que não podem desempenhar suas atividades remotamente em afastamento temporário remunerado até o dia ‪31/03. Manteremos apenas poucas atividades essenciais em operação.

Os funcionários que estão em home office continuam trabalhando remotamente. Essa medida abrange todas as unidades Brasil. A Embraer também está avaliando a situação nos demais países em que opera e informará em breve a decisão.

Ao longo dos próximos dias, a direção da empresa vai analisar a situação e, junto com os governos e sindicatos locais, tomar a decisão mais adequada para proteger os funcionários do contágio pelo coronavírus e, ao mesmo tempo, proteger o nosso negócio, de forma que todos sofram o menor impacto possível.

A empresa informará a todos sobre as próximas decisões até o dia 30/3.

Fonte: Notícias Botucatu/Flávio Fogueral

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes