Em missa de Páscoa com Basílica de Aparecida vazia, arcebispo pede que fiéis sigam ‘orientações dos médicos’

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, pediu aos fiéis que continuem em casa e sigam as orientações dos médicos para o enfrentamento da pandemia de coronavírus (Covid-19). O pedido foi feito durante missa neste domingo (12) de Páscoa no Santuário Nacional sem fiéis pela primeira vez na história.

“Vamos ficando em nossas casas, vamos cumprindo as orientações de nossos médicos, vamos tendo essa caridade, zelo pela vida. Quando você der um sorriso, uma gratidão, uma visita ou qualquer fineza que seja, por menor que seja, Jesus ressuscitado está no seu sorriso, Jesus ressuscitado está nas suas mãos que ajudam, Jesus ressuscitado está todo ele no brilho da fé que você tem Nele mesmo”, afirmou na homilia.

Além de reforçar as orientações para seguir o isolamento social, o arcebispo também pediu para que as pessoas tenham fé.

“Procurai as coisas do alto, corações ao alto. O que importa são as coisas celestes. E essas coisas celestes nos ajudam a iluminar as coisas humanas. Essa luz da ressurreição é para dissipar todas as trevas que ainda nos envolvem”, disse.

Em missa de Páscoa com Basílica de Aparecida vazia, arcebispo pede que fiéis sigam 'orientações dos médicos' — Foto: Reprodução/TV Aparecida
Em missa de Páscoa com Basílica de Aparecida vazia, arcebispo pede que fiéis sigam ‘orientações dos médicos’ — Foto: Reprodução/TV Aparecida

Pela primeira vez na história, o Santuário Nacional de Aparecida realizou as celebrações da Semana Santa sem a presença de fiéis. Para evitar a disseminação do coronavírus, os bancos do templo foram retirados e celebrações acontecem sem público, com transmissões pela TV e internet.

O Santuário Nacional de Aparecida está sem realizar realizar missas com a presença do público desde 14 de março após decisão judicial em ação movida pelo Ministério Público diante do avanço do coronavírus. As visitas ao templo são permitidas.

Apesar da decisão judicial, as missas sem público foram adotadas por diversas dioceses como forma de frear a disseminação da doença.

Em missa de Páscoa com Basílica de Aparecida vazia, arcebispo pede que fiéis sigam 'orientações dos médicos' — Foto: Mateus Andrade/Santuário Nacional
Em missa de Páscoa com Basílica de Aparecida vazia, arcebispo pede que fiéis sigam ‘orientações dos médicos’ — Foto: Mateus Andrade/Santuário Nacional


Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes