Cachorro não abandona dono atropelado no DF e é levado em ambulância; vídeo

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A equipe do Samu chamada para prestar os primeiros socorros em um caso de atropelamento em Ceilândia, no Distrito Federal, se deparou com uma cena inusitada de amor e cuidado de um cachorrinho com seu dono.

Veja o vídeo:

O catador de material reciclável, identificado apenas como Ariovaldo, de 55 anos, foi atropelado nessa quarta-feira (24) por um carro na QNM 3. O motorista do veículo fugiu sem prestar socorro. O cachorro da vítima, o “Nada Consta” foi o único a permanecer ao lado dele.

Quando os socorristas chegaram ao local, minutos depois do acidente, encontraram Ariovaldo machucado, sentado na calçada. “Para se aproximar dele foi difícil”, conta Márcia Medeiros, enfermeira do Samu.

“Colocamos o paciente na maca, o cachorro veio correndo e pulou em cima”, lembra a socorrista. “O ‘Nada Consta’ estava do lado o tempo todo fazendo o papel de acompanhante”.

“O cuidado dele com o seu Ariovaldo era tanto, nunca vi nada igual.”

Sem alternativa, os socorristas levaram o cachorrinho de carona na ambulância até a base do Samu em Ceilândia. De lá, o homem atropelado, foi transportado para o hospital da região.

Enfermeira do Samu posa com 'Nada Consta' após cachorro pegar carona em ambulância — Foto: Arquivo pessoal
Enfermeira do Samu posa com ‘Nada Consta’ após cachorro pegar carona em ambulância (Foto: Arquivo pessoal)

Nada Consta

Como o caso não era grave, no dia seguinte ao acidente, Ariovaldo recebeu alta do hospital. Ao chegar em casa, encontrou o cachorro esperando por ele.

A equipe do Samu contou à reportagem que voltou ao local para saber como dono e o animal estavam. Ao chegar, encontraram o “Nada Consta” já mais calmo, e juntos, tiraram fotos com ele para guardar de lembrança.

Ariovaldo contou à equipe que o cachorro foi resgatado da rua quando estava “muito debilitado”. Na época, como estava ferido, recebeu o nome de “Quase Nada”, porque “estava por um fio”, explicou o dono.

Depois de ser cuidado, o cãozinho foi levado para casa e rebatizado como “Nada Consta”.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes