Brasil garante pódio triplo na natação do Parapan; Dias leva 29º ouro

A natação segue rendendo uma fartura de medalhas para o Brasil nos Jogos Parapan-Americanos de Lima. Nesta segunda-feira, o país – líder do quadro de medalhas com 41 ouros, 39 pratas e 41 bronzes – voltou a fazer bonito na piscina peruana e alcançou até um pódio triplo na disputa dos 50m livre da classe S9.

A diferença das medalhas foi mínima na disputa entre os representantes brasileiros. Ruiter Silva fechou a prova em 26s37 e foi o campeão. João Drumond chegou cinco centésimos depois (26s42) e obteve a prata. Vanilton Filho ganhou o bronze com 26s67.

O Brasil ainda fez outras dobradinhas na natação. Nos 200m livre da classe S2, o mineiro Gabriel Geraldo foi prata com 4min45s96, seguido do paranaense Bruno Becker (4min52s40). Nos 50m livre do grupamento das classes S3/S4/S5, a potiguar Joana Neves (S5) foi a campeã com 38s05 e o recorde da competição. A prata ficou com a capixaba Patrícia Santos (S4), 42s24.

Nos 200m livre da classe S14 (deficientes intelectuais), a prata ficou com Ana Karolina Soares, enquanto Beatriz Carneiro levou o bronze. Por fim, nos 400m S11 (cegos), o catarinense Matheus Rheine triunfou com o tempo de 4min54s11, seguido do brasiliense Wendell Belarmino, que bateu na borda apenas 30 centésimos depois.

Ainda por cima, houve tempo para mais um show de Daniel Dias. A 29ª medalha de ouro do atleta em Parapan veio nos 50m livre. Ele ganhou a prova com muita facilidade, chegando com quatro segundos de vantagem para o colombiano Miguel Narvaez.

Fonte: Yahoo!

Scroll Up