Brasil enfrenta a Colômbia pelas Eliminatórias

Depois de sofrer para vencer a Venezuela por 3 a 1 na quinta-feira, o Brasil volta a campo neste domingo, ainda em jogo reprogramado do primeiro turno das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022. Líder com 27 pontos e 100% de aproveitamento, o time canarinho visita a Colômbia às 18h (de Brasília) no Estádio Metropolitano, em Barranquilla.

Tite, técnico da Seleção Brasileira, sabe que a classificação está perto de ser conquistada. Mas sabe que precisa evoluir.

“Estamos sempre buscando o crescimento. Dando equilíbrio ao time para que a qualidade individual possa aparecer. As Eliminatórias são complicadas e é preciso lembrar disso. A Venezuela que nos causou problemas, só virou um jogo mais tranquilo para a Argentina quando os argentinos ficaram com um a mais em campo”, disse ele.

Para este compromisso o treinador não deve antecipar a escalação. Mas existe a possibilidade de fazer algumas mudanças. A única certa é o retorno de Neymar, que cumpriu suspensão diante dos venezuelanos.

Já a Colômbia, que arrancou empate sem gols com o Uruguai fora de casa, tem 14 pontos e defende a permanência pelo menos na zona de repescagem. O técnico Reinaldo Rueda sabe como vencer o Brasil.

“Para conseguirmos este objetivo precisamos manter a nossa capacidade defensiva de neutralizar o adversário, como fizemos com o Uruguai. Mas temos que melhorar nas finalizações quando as chances aparecerem”, disse ele.

Em termos de escalação a Colômbia perdeu um jogador importante. O meia Juan Cuadrado cumpre suspensão por acúmulo de cartões amarelos. Juan Quintero assume o posto. Por opção do treinador, o meia James Rodríguez sequer foi convocado.

COLÔMBIA X BRASIL

Local: Estádio Metropolitano, em Barranquilla (Colômbia)
Data: 10 de outubro de 2021 (Domingo)
Horário: 18h(de Brasília)
Árbitro: Patricio Loustau (Argentina)
Assistentes: Ezequiel Brailosvky (Argentina) e Cristian Navarro (Argentina)
VAR: Piero Maza (Chile)

COLÔMBIA: David Ospina, John Stefan Medina, Yerry Mina, Carlos Cuesta e Johan Mojica; Juan Quintero, Wilmar Barrios, Mateus Uribe e Luis Díaz; Rafael Borré e Radamel Falcao García
Técnico: Reinaldo Rueda

BRASIL: Alisson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Guilherme Arana; Fabinho, Gérson, Éverton Ribeiro e Lucas Paquetá; Neymar e Gabigol (Gabriel Jesus)
Técnico: Tite

Fonte: Yahoo!Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Scroll Up