17 de julho, 2024

Últimas:

Brasil empata com o Equador e se garante no Mundial Sub-17

Anúncios

Na noite desta segunda-feira, o Brasil enfrentou o Equador pela terceira rodada do hexagonal final do Sul-Americano sub-17, no Estádio Olímpico Atahualpa, e empatou por 2 a 2. Kenny Arroyo marcou para os donos da casa, enquanto Collahuazo (contra) e Kauã Elias deixaram tudo igual.

Assim, a Seleção Brasileira se classifica para a Copa do Mundo da categoria, que será realizada de 10 de novembro a 2 de dezembro deste ano, ainda sem local definido após a retirada do Peru como país-sede. A equipe treinada por Phelipe Leal segue invicta na competição, com sete pontos, na terceira colocação.

Anúncios

Do mesmo modo, o Equador também está garantido no Mundial. O anfitrião do Sul-Americano soma sete tentos, figurando na liderança do hexagonal final. Como o torneio garante quatro vagas na Copa do Mundo, nem equatorianos nem brasileiros podem ficar abaixo da quarta posição – venceram Venezuela e Paraguai, que disputam o quarto lugar, e têm vantagem no critério de desempate em caso de possível igualdade na pontuação final.

A Argentina, que empatou com os paraguaios nesta segunda, também possui sete pontos – figura na vice-liderança – e é mais uma seleção já classificada ao Mundial. O Chile, sem pontuar, completa a chave.

Anúncios

Agora, o Brasil vai em busca do título – o 13º do país na competição. Pela quarta rodada, a Seleção enfrenta os chilenos, às 18h30 (de Brasília) da próxima quinta-feira, no mesmo Estádio Olímpico Atahualpa. Mais tarde, a partir das 21 horas, o Equador pega a Argentina, no Estádio Casa Blanca, também em Quito.

O jogo entre Brasil e Equador

Aos 13 minutos de partida, Da Mata aproveitou cruzamento na área e cabeceou, mas acertou o pé da trave de Loor. Sete minutos depois, Kauã Elias recebeu lançamento de Riquelme e, livre de marcação dentro da pequena área, bateu de primeira, mas acabou mandando pela linha de fundo.

Passados três minutos, o Equador respondeu. Kenny Arroyo recebeu na ponta esquerda, realizou jogada individual e bateu no canto direito de Phillipe Gabriel, abrindo o placar para os donos da casa.

Aos 27, o camisa 7 equatoriano recebeu outra vez na ponta esquerda, venceu o duelo contra Chermont e mandou uma bomba de esquerda para ampliar a vantagem no marcador.

Ainda antes do fim do primeiro tempo, aos 45 minutos, Rayan saiu da ponta direita, invadiu a área e tocou para o miolo. A bola bateu no zagueiro Collahuazo e entrou, diminuindo para o Brasil.

Na volta do intervalo, a Seleção precisou de apenas sete minutos para empatar o jogo. Após cobrança de escanteio de Lorran, o artilheiro Kauã Elias subiu mais do que a defesa e testou para o fundo do gol. Foi o quinto gol do atacante do Fluminense na competição.

Fonte: ConmebolFoto: Rafael Ribeiro/CBF

Talvez te interesse

Últimas

Através da geração de mais de 100 empregos diretos e indiretos, o empreendimento da Learn Empreendimentos e Participações S.A busca...

Categorias