Bovespa fecha em queda em dia de balanços de empresas e após corte da Selic

O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, abriu o dia com ganhos, mas acabou encerrando em queda nesta quinta-feira (7), repercutindo uma série de balanços corporativos e a decisão do Banco Central de promover um corte mais intenso que o esperado na taxa básica de juros, reduzindo a Selic de 3,75% para 3%.

Ruídos políticos e receio com os impactos da pandemia do coronavírus sobre a economia brasileira também minaram a influência positiva vinda do cenário externo.

O Ibovespa teve queda de 1,20%, a 78.118 pontos. Na mínima do dia, chegou a 78.061 pontos. Na máxima, foi a 80.061 pontos.

Já o dólar superou pela primeira vez o patamar de R$ 5,80 nesta quinta.

A temporada de balanços do primeiro trimestre de 2020 seguiu com importantes números, com a divulgação dos resultados do Banco do Brasil (BB) e Ambev. Nesta quinta, após o fechamento, saem ainda os balanços da B2W, Lojas Americanas, Yduqs, Natura e Qualicorp.

Na véspera, a Bolsa fechou em queda de 0,51%, a 79.063 pontos.

Fonte: Valor