Botucatu: menina de 12 anos é vítima de pedofilia na internet; mãe e filha estão sendo ameaçadas

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A mãe de uma menina de 12 anos, moradora do bairro 24 de maio de Botucatu, procurou a redação do Leia Notícias para relatar que a filha está sendo vítima de chantagem de pedófilos.

Segundo a mãe, um perfil no Facebook de uma jovem mulher – que parece ser falso – adicionou a sua filha e iniciou uma conversa. A pessoa por trás deste perfil pediu para a menina de 12 anos conversar com um amigo através do aplicativo WhatsApp.

Durante a conversa, com conteúdo mais “pesado” –  segundo a mãe, a menina passou a ser ameaçada pelo perfil da jovem no Facebook.
A pessoa disse que se a menina de 12 anos não mandasse uma foto nua, sua conversa do WhatsApp seria exposta nas redes sociais.

Com medo, a menina de Botucatu mandou a foto solicitada. O pedófilo, não satisfeito, começou a pedir mais fotos da menina sem roupa, mas desta vez fazendo poses sensuais.
A menina não aceitou e aumentaram as ameaças. Ela contou para a mãe, que adicionou o tal perfil no Facebook, e também foi ameaçada. A pessoa dizia que iria mandar a foto da menina nua para todos os amigos e familiares, além de postar no perfil de cada uma delas.

Mãe e filha bloquearam essa pessoa, que passou a criar outros perfis e mandar solicitações de amizade. “Eu disse que iria procurar a polícia e ela mandou dizer, por outro perfil, que não tinha medo de nada. Eles ou ela, porque não sabemos quantas pessoas são, ficam mandando mensagens por WhatsApp e cada o hora o número é de uma cidade e até Estado diferentes”, diz a mãe.

A mulher revelou que está preocupada, porque viu esse mesmo perfil na página de muitas crianças da escola da filha, no bairro 24 de Maio e bairros da região. “É um importante alerta para todos os pais. Uma amiga da minha filha disse que essa pessoa já começou a conversar com ela e pedir fotos também. É uma rede de pedofilia que está agindo aqui em Botucatu. Vai saber quantas crianças já não mandaram fotos?”, denuncia. “Eu disse que iria procurar a polícia e responderam que não tem medo de nada, e ainda mandaram fotos de armas para minha filha, junto com o meu perfil do Facebook e de outros parentes e amigos dela, ameaçando”, completou a mãe, que nesta segunda-feira, 29, iria registrar B. O. e deletou as contas dela e da filha da rede social.

Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes