Botucatuense fica ferido após defender mulher de agressão: “Ninguém vai bater em mulher na minha frente”

* ATUALIZAÇÃO: A foto e o nome do botucatuense foram retirados a pedido dele, em função do seu pai estar doente.

O botucatuense M. M. ficou machucado na madrugada deste domingo, 29, após entrar em uma briga para defender uma mulher que estava sendo espancada por um homem, na Barra Bonita.

Através do seu perfil no Facebook, ele mostrou que precisou levar diversos pontos no rosto após impedir uma agressão contra uma garota, que ele não conhecia, por um rapaz, que acabou agredindo M.

Após a repercussão do vídeo, que gravou bastante nervoso, contando o que houve, M. recebeu diversas mensagens de apoio e fez um post agradecendo e destacou que não aceita agressões contra mulheres. “Pessoal, bom dia. Não consegui responder a todos pelas mensagens de apoio. Estou bem, psicologicamente não. Mas Deus vai me dar o conforto. Essa cicatriz são por elas. Ninguém vai bater em mulher na minha frente. Obrigado a todos pelo carinho”, postou.

Agressão contra mulheres

De acordo com dados, de 2018, foram registrados 263.067 de lesão corporal dolosa dentro da Lei Maria da Penha no Brasil, em um ano. Isso significa que a cada dois minutos uma mulher apanhou do marido, namorado ou ex-companheiro. Esses números aumentaram nos últimos anos.

Leia Notícias