Mau uso dos contêineres em praças preocupa Secretaria de Botucatu

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Secretaria de Meio Ambiente de Botucatu intensificou os trabalhos de educação ambiental do programa “Coleta Mais” por meio dos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs). Eles nada mais são do que contêineres de mil litros, que ficam espalhados pela cidade à disposição daqueles que querem fazer a destinação correta de materiais reciclados, ou seja, papel, plástico, vidro e metais.

O grande problema é que diversos PEVs tem recebido de tudo. Móveis velhos, resíduos de construção civil, roupas, material eletrônico e até restos orgânicos, como sobras de comida, fezes e animais mortos. E apesar da limpeza desses PEVs, na maioria das localidades, acontecer de duas a três vezes por semana, o lixo volta a ser descartado fora do contêiner. Mesmo quando o contêiner encontrasse vazio.

Na praça onde está localizada a Igreja de Santa Terezinha, na rua General Telles, por exemplo, a limpeza do PEV chega a ser feita diariamente, de segunda a sexta-feira. Outro contêiner comum foi colocado no local para atender apenas aqueles que levavam lixo orgânico.

Fonte: JCnet

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes