Eleição Municipal, em novembro, já está sendo preparada pelo Cartório Eleitoral de Botucatu

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Com a prorrogação dos prazos do calendário eleitoral de 2020, o Cartório Eleitoral de Botucatu, Pardinho e Itatinga continua trabalhando no planejamento da coleta e assistência aos eleitores, implantando novas seções eleitorais e encaminhando a regularização dos partidos. A Eleição para escolher prefeito, vice e vereadores foi transferida de 4 de outubro para 14 de novembro, e 29 de novembro, quando ocorre o segundo turno.

“Vários prazos atrelados à data serão alterados, como a desincompatibilização dos cargos públicos. Vários servidores iriam sair dia 4 de julho e não irão mais. Agora o prazo foi transferido para dia 15 de agosto. As Convenções, que começariam dia 20 de julho, foram transferidas para agosto. O registro de candidatura, que teria prazo para 15 de agosto, foi para setembro. A Propaganda Eleitoral e outros trâmites foram postergados para setembro”, informou o Chefe do Cartório Eleitoral de Botucatu, Igor Ignácio.

Em Botucatu, a Prefeitura antecipou-se ao calendário previsto inicialmente e desde a última segunda-feira, 29, havia proibido os secretários e assessores a darem entrevistas, inclusive o Prefeito e Vice. “Os partidos e candidatos ganharam um prazo a mais para se organizar e regularizar suas candidaturas. Isso foi alterado também”, observou.

Os preparativos eleitorais para o Cartório de Botucatu já estavam em andamento com a seleção dos mesários que vão trabalhar. A Justiça Eleitoral ganhou mais tempo para preparação dos mesários.

“Da nossa parte, estávamos trabalhando. Está tudo bem alinhado e, mesmo trabalhando em casa, estamos com a tecnologia a nosso favor e criamos um grupo de Whatsapp com os mesários. Vamos realizar cursos de preparação via EAD, na preparação dos nossos mesários. Estávamos trabalhando como se eleição fosse dia 4 de outubro, como ganhamos tempo, teremos mais um fôlego para nos organizar”.

Os prazos já vencidos do calendário eleitoral não serão reestabelecidos, segundo explicou o chefe do Cartório Eleitoral. “Os prazos de filiações, mudança de escolas de votação, desincompatibilizações de servidores do primeiro escalão que saíram, como o caso do vice-Prefeito André Peres, e o vereador Curumim, que deixou cargo de Secretário na Prefeitura e retornou à Câmara, permanecem inalterados. Só os prazo que iriam vencer e agora serão modulados devido às mudanças de datas das convenções. Se reabríssemos todos os prazos seria mais confusão e temos trabalhado para menos confusão e menos tumultos”.

Consultas online
Como o Cartório Eleitoral da cidade está fechado devido à crise de saúde, com a pandemia de Covid-19, o aplicativo de comunicação e dados Whatsapp é o reforço no atendimento da população. Esse “cartório digital” permitirá interação dos eleitores, para esclarecimento de dúvidas e até baixas em multas.

“Transformamos a linha fixa (14) 38815536 em linha de atendimento eleitoral no Whatsapp. Nessa linha fixa o eleitor poderá enviar demandas e nós iremos respondendo as dúvidas, emitindo certidões e dando baixa em multas. É um cartório através do whats, permitindo o eleitor se resguardar contra os riscos da Covid”, disse Igor.

Haroldo Amaral – Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes