Corpo de Bombeiros de Botucatu se moderniza e alcança patamar de excelência

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Em dezembro de 1984, Botucatu oficializava a lei de criação do Fundo Municipal de Manutenção do Corpo de Bombeiros de Botucatu (Fumabom), utilizado para prover recursos voltados à aquisição de viaturas, equipamentos, material, e despesas com serviços e pessoal para manutenção e bom andamento das atividades deste órgão se segurança na Cidade. Trinta anos depois, o Corpo de Bombeiros de Botucatu alcança patamar de destaque no Estado de São Paulo e no País.
Esse reconhecimento ficou mais evidente na última sexta-feira (4), na cerimônia de entrega das obras de melhoria e modernização das instalações do posto de bombeiros local, que além de Botucatu, atende outras oito cidades da região [Anhembi, Bofete, Conchas, Pardinho, Porangaba, Pratânia, São Manuel e Torre de Pedra]. Hoje o efetivo da corporação conta com 35 bombeiros.
Na oportunidade o prefeito de Botucatu, João Cury Neto, e o Comandante do 12º Grupamento de Bombeiros – Tenente Coronel Rogério Gago, assinaram ainda o plano de trabalho que permitirá a execução do convênio que acaba de ser renovado entre o Estado e o Município para a realização dos serviços dos bombeiros pelos próximos 30 anos. Os investimentos em obras e aquisição de equipamentos e mobiliário somaram pouco mais de R$ 925 mil e foram executados com recursos municipais por intermédio do Fumabom, que é constituído principalmente pela arrecadação da Taxa de Serviços contra Incêndios, que vem junto do carnê de IPTU.
O maior investimento foi realizado na cobertura da piscina e tanque de mergulho e construção de um pavimento superior para ser utilizado como academia de ginástica para treinamento físico e reabilitação. As obras e aquisição de equipamentos consumiram cerca de R$ 750 mil. O objetivo é melhorar as condições de utilização do complexo aquático, para que o bombeiro possa se preparar durante todo o ano, independentemente das condições climáticas, bem como colocar a disposição do efetivo uma academia de ginástica equipada com equipamentos e materiais com qualidade, adequados aos trabalhos de bombeiros.
Mais R$ 85 mil foram aplicados na reforma dos alojamentos dos praças (cabos e soldados / subtenentes e sargentos) e aquisição de mobiliário. A obra busca melhorar as condições de utilização e estadia do efetivo, com ambientes planejados e condizentes com a realidade dos serviços de bombeiros, tendo em vista o turno de 24 horas ininterruptas. E para melhoria das condições para realização de instruções e cursos para o efetivo foram investidos R$ 25 mil na reforma da sala de aula.
Com recursos do Fumabom foram adquiridas ferramentas hidráulicas e elétricas para romper concreto Hurst, utilizadas em ocorrências com vítimas presas nas ferragens onde se necessita remover estruturas colapsadas. A ferramenta corta lajes de concreto e vergalhões. O custo foi de R$ 50 mil. Também foram investidos R$ 16.400,00 na compra de ventilador para espaço confinado, intrinsicamente seguro, à prova de explosão. Esse equipamento é importado e específico para atendimentos em poços, galerias e locais de difícil acesso, que propicia ao bombeiro fazer uma ventilação ou exaustão no espaço confinado, dando mais segurança aos trabalhos operacionais.
“O Corpo de Bombeiros é uma das instituições com maior credibilidade junto à população. Mas o que poucos sabem é que o dinheiro público, antes de chegar aos bombeiros, passa por um conselho que faz a gestão desses recursos com muita responsabilidade. E pra mim particularmente é um orgulho participar da história do Corpo de Bombeiros de Botucatu. Primeiro por renovar um convênio que foi assinado pela primeira vez há 30 anos pelo meu pai [prefeito Antonio Jamil Cury] e por recentemente receber a Medalha do Centenário do Corpo de Bombeiros, maior honraria que poderia receber”, afirma o prefeito.
“Para atender bem a comunidade, o bombeiro deve estar fisicamente e emocionalmente preparado 24 horas por dia. Mas também precisa ter estrutura, acesso a materiais e equipamentos de trabalho modernos, e participar de cursos de capacitação, inclusive no exterior, que tragam novas técnicas de resgate. E tudo isso encontramos no Corpo de Bombeiros de Botucatu, que certamente é referência a outros do Estado e até do País. Só temos a agradecer pela parceria que temos com o Poder Público Municipal”, enaltece o Tenente Gago.
Serviço
Corpo de Bombeiros [2º Subgrupamento – Botucatu]
Avenida José Pedretti Netto, 65 – Vila Assumpção
Telefone de emergência: 193

Fonte: Prefeitura Municipal de Botucatu

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes