Botucatu: Uma das principais sedes dos Jogos Regionais, pista do INCA precisa passar por manutenção

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Um dos principais equi­pamentos esportivos de Botucatu, o Estádio Mu­nicipal João Roberto Pi­lan, tradicionalmente co­nhecido como Inca, ainda aguarda os investimentos para sediar a 63ª edição dos Jogos Regionais, que devem ocorrer entre 16 e 27 de julho.

Foto Flávio Fogueral – Jornal Leia Notícias

Botucatu foi anunciada como cidade-sede em ju­lho do ano passado e tem se mobilizado para rece­ber a competição. Os úl­timos torneios de grande porte em nível nacional que o município recebeu foram os 69º Jogos Aber­tos do Interior, em 2005, além dos próprios Regio­nais, em 1996.

Com expectativa de reunir mais de 5 mil atle­tas de 45 municípios da regional, na disputa de 22 modalidades esportivas, a comissão organizadora planeja estrutura espor­tiva com três ginásios na medida oficial de 20 x 40 metros (conforme esta­belecido pelo Ministério dos Esportes e o Comitê Olímpico Brasileiro), seis campos de futebol, doze ginásios, piscina coberta e aquecida, duas canchas de bocha, seis quadras de tênis, duas canchas de malha e uma pista de atle­tismo oficial, com campo sintético (no Estádio Mu­nicipal João Roberto Pi­lan).

No entanto, um dos principais instrumentos poliesportivos do muni­cípio, o Estádio Munici­pal João Roberto Pilan, o Inca, ainda aguarda por revitalização em parte de sua estrutura esportiva. Um dos casos mais em­blemáticos é o da pista de atletismo do complexo, um dos principais investi­mentos feitos na ocasião dos Jogos Abertos do In­terior, em 2005.

Tendo medidas oficiais e piso emborrachado, o equipamento tem sofrido com a ação do tempo e a falta de manutenção total. Em alguns pontos é possí­vel constatar o desgaste do piso, além de desnive­lamento em outras partes. Também ocorrem buracos que podem comprometer o desempenho dos atletas ou mesmo ocasionar al­gum tipo de acidente.

Além da pista, outros espaços também carecem de manutenção, como o próprio campo de futebol, com falhas no gramado, e as canchas de arremes­so de peso e de martelo, onde o cercado está en­ferrujado.

A situação motivou re­querimento dos verea­dores Carlos Trigo (PDT) e Izaias Colino (PSDB), apresentado na Sessão da Câmara Municipal em meados de fevereiro. No documento encaminhado ao Secretário de Esportes e Promoção da Qualida­de de Vida, Geraldo Pupo da Silveira, foi requerida ampla reforma na referi­da pista de atletismo. “Em julho Botucatu sediará a 63ª edição dos Jogos Regionais, competição esportiva que reúne de­zenas de municípios do interior de São Paulo em diversas modalidades. Sendo assim, para melhor atender a todos os atletas e garantir a segurança nas suas práticas esportivas, a manutenção da pista de atletismo oficial se faz ne­cessária, tendo em vista as péssimas condições de conservação da mesma”, reforçou os autores do requerimento, cujo teor foi aprovado pelos demais parlamentares.

Por meio de nota oficial, a secretaria de Esportes e Qualidade de Vidal sa­lientou que, em detrimen­to do calendário para os Jogos Regionais, há um cronograma para obras e adequações nos locais es­colhidos para as disputas. Em específico ao campo de atletismo, a pasta re­força que “já levantou as necessidades referente a pista de atletismo e ao ginásio do Estádio João Roberto Pilan e trabalha na viabilização das obras”.

Não foram informadas pela pasta o custo das obras, cronograma e quais obras serão feitas.

Jornal Leia Notícias Por Flávio Fogueral

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes