Botucatu: Quem matou Bia? Após mais de 15 dias do crime, família e amigos pedem por justiça

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Justiça. É o que pedem os amigos e familiares da cabeleireira botucatuense Ana Beatriz Lucas, 24 anos, assassinada no último dia 27 de dezembro, em um salão de beleza na cidade de Osasco- SP.

São mais de 15 dias em busca de informações junto a Polícia Civil do 5º Distrito de Osasco, mas sem nenhuma novidade. O atirador que matou Bia ainda está solto pelas ruas.



O caso é relembrado todos os dias por Dalva Agapito, mãe de Ana Beatriz. A jovem era de Botucatu e morava com amigos em Barueri e trabalhava no salão Unique em Osasco. Na noite do crime, já tinha encerrado seu turno, mas com a chegada de um moço vestindo roupa social e pasta na mão, pegou novamente suas ferramentas de trabalho e por cerca de 40 min, cortou o cabelo do seu próprio assassino.

O marginal anunciou o assalto, pegou celulares e dinheiro dos funcionários e do dono do salão, 4 pessoas. Em seguida, disse que se não houvesse um cofre, mataria um dos reféns. Bia foi escolhida e morreu no local com um tiro da boca.

Sem imagens das câmeras de segurança, que havia sido furtadas na mesma semana do latrocínio, a Polícia trabalha com a versão das testemunhas.

Dalva não aceita a perda da filha e todos os dias em sua rede social, pede para que o assassino seja identificado e preso.

Leia Notícias 

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes