Botucatu: Fim do mistério. Mulher desaparecida entra em contato com a família

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Após ficar 5 dias sem dar notícias para a família, Maria Aparecida Zanotto, 62 anos, moradora do Jardim Pinheiro em Botucatu entrou em contato com a neta e informou seu paradeiro, na noite da sexta-fera (24).

De acordo com informações, a mulher disse que está bem em um pousada da região. Ela não disse o que motivou sua saída de casa sem dar explicações para os familiares.

Desolados, os familiares acreditam que Maria está com algum transtorno psicológico. ” Não havia nenhum motivo para ela ter feito o que fez. Estamos procurando entender o que está se passando com ela. Acabamos descobrindo que ela levou roupas e dinheiro. A Polícia também foi informada para que as buscas fossem interrompidas e agradecemos a todos que ajudaram a compartilhar”, relatou um dos familiares.

Surtos psicológicos podem aumentar com a velhice

O processo de envelhecimento caracteriza-se pelo declínio das funções biológicas que ocorrem por múltiplos factores. Por isso, observa-se nesta fase da vida a ocorrência de vários transtornos mentais.

Transtorno delirante

Trata-se de um transtorno onde as ideias surgem com convicção absoluta em si mesmas, sem qualquer derivação da cultura, das crenças e das convicções do indivíduo. Habitualmente, a idade de início deste transtorno ocorre por volta da meia-idade mas também pode ocorrer em idosos.

Os sintomas mais comuns são alterações do pensamento de natureza persecutória (os doentes acreditam que estão a ser seguidos), e em relação ao corpo, como acreditar que tem uma doença fatal (hipocondria). Os doentes podem ainda tornar-se violentos e isolarem-se socialmente.

As alterações do pensamento podem acompanhar outras doenças psiquiátricas que devem ser descartadas como demência tipo Alzheimer, transtornos por uso de álcool, esquizofrenia, transtornos depressivos e transtorno bipolar.

Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes