Botucatu: Café das Cinco reúne compositores e convida Neto Breda para o poketshow deste domingo

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Hoje, domingo (24 de abril), acorre a sétima edição do “Café das Cinco – Encontro de Compositores”, no Mirante das Artes, na Rua Major Matheus, na Vila dos Lavradores, em Botucatu.

O Encontro é realizado, a partir das 17h, do último domingo de cada mês, em Botucatu, reunindo músicos e um público interessado em conhecer novas composições de autores locais ou visitantes. Nesta edição o Café convida especialmente Neto Breda, compositor botucatuense e membro da banda Assopro. A entrada é gratuita.

A partir das cinco da tarde, em um ambiente intimista e aconchegante, o público desfruta de um café da tarde, com quitutes (tortas e bolos) especialmente preparados e vendidos a preços populares. É neste instante que os compositores presentes, que desejam tocar suas canções, poderão se inscrever para se apresentar, independente de gênero ou estilo musical. Assim, músicos e apreciadores, de maneira informal, trocam experiências, conversam sobre seus processos criativos, estabelecem vínculos e possíveis parcerias.

Aos 25 anos e envolvido pela música desde os 12, Neto Breda trará um repertório de canções que, segundo o próprio compositor, expressam coisas intangíveis, dão voz, cor e som para emoções e outros motivos de inspiração. “Qualquer coisa pode inspirar. Em sua maioria, coisas novas que vem e envolvem, uma música que comove, uma poesia que surge na cabeça de madrugada, uma cena vista na rua”, confira uma rápida entrevista do Café com Neto.

 

Quando foi que começou a tocar e compor músicas?

Comecei a tocar com uns 12 anos de idade. Curiosamente, depois de aprender duas notas no violão, peguei uma guitarra velha encostada que o meu avô havia ganhado numa rifa. Desde então, cada som q fui descobrindo me instigava a criar, mais do que apenas as tirar musicas que eu gostava. E assim fui aprendendo sozinho e com a ajuda de amigos. Cada coisa que aprendia só me estimulava mais a criar.

 

O que te influencia ou inspira para a construção do seu trabalho?

Meu trabalho surge como uma necessidade vital e ao mesmo tempo uma brincadeira. Uma maneira de expressar coisas intangíveis, dar voz, cor e som para emoções, situações e pensamentos pouco compreendidos. Qualquer coisa pode inspirar. Em sua maioria, coisas novas que vem e envolvem, uma música que comove, uma poesia que surge na cabeça de madrugada, uma cena vista na rua… Gosto muito de brincar com os sons e os equipamentos de gravação foram e são essenciais no processo de criação, permitem brincar, experimentar possibilidades plásticas e os arranjos das canções.

 

Você já colabora com o Café das Cinco e conhece o Encontro, mas será o convidado especial pela primeira vez. O que o público pode esperar dessa apresentação?

Vai ser muito legal poder participar como convidado, pois a atmosfera do Café das Cinco cria uma intimidade muito grande com as pessoas. Estou preparando um repertório especial, com algumas músicas conhecidas para algumas pessoas e outras que eu mesmo estou conhecendo agora. É um presente poder dividir isso com pessoas que estarão de coração aberto para receber.

 

SERVIÇO

Café das Cinco – Encontro de Compositores – Convidado Neto Breda

Mirante das Artes – Rua Major Matheus, 259 – 2° andar

Domingo, 24 de abril, às 17h

Entrada Gratuita

 

 

Fonte e foto: Assessoria / Divulgação

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes