Botucatu: Visitas na UTI não Covid do HC são suspensas após paciente infectado ter sido colocado com os outros pacientes internados

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Familiares de pacientes internados da UTI Central, para pacientes que não estão com Covid, no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) entraram em contato com a reportagem do Jornal Leia Notícias para informar que as visitas aos internados foram proibidas neste domingo, 21.

De acordo com os familiares, o motivo da proibição da visita é que um paciente confirmado com Covid-19 foi colocado junto com os outros internados não Covid.

“Fomos informados pelos médicos que colocara uma pessoa com Covid na UTI Central e as visitas foram suspensas”, disse, preocupada, a parente de um paciente internado. “Esse paciente já foi retirado de lá”, completou.

Outro familiar de um paciente demonstrou insatisfação. “É um absurdo isso. Estão colocando em risco todos os pacientes que estão lá internados, além dos familiares, porque proibiram apenas hoje as visitas, mas e ontem ou antes de ontem? Esse paciente já estava na UTI?”, questionou. “Quem está em uma UTI já está mais fragilizado, imagina se pega Covid? Como colocam no mesmo ambiente?”, completou.

Em Nota, através da Comunicação, o HC explicou que todos os protocolos e medidas de segurança foram seguidos.

Abaixo, a integra da nota emitida pelo HCFMB:

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) confirma que, um dos pacientes em nossa UTI Central apresentou teste positivo para COVID-19 no dia de hoje, 21.

Lembramos que todos os pacientes, ao serem internados no HCFMB, são submetidos à teste diagnóstico de COVID-19.

Após o resultado positivo do exame, todas as medidas de isolamento foram tomadas imediatamente, além do rastreio dos possíveis contactuantes.

Frente ao momento atual onde vivemos uma pandemia, casos como estes podem acontecer, independente das medidas de preventivas tomadas pelo HCFMB, reforçando assim a necessidade de internações hospitalares somente em casos de extrema necessidade.

O HCFMB já tomou todas as medidas cabíveis e de segurança para minimizar os riscos de infecção por COVID-19 à todos os pacientes e colaboradores da área, visando garantir estrutura e assistência eficaz, além de proteger servidores e principalmente pacientes.

Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes