Botucatu: Vereadores apresentam requerimento por espaço exclusivo para soltar pipas

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Vereadores de Botucatu apresentaram requerimento onde pedem que a Secretaria de Esporte e Promoção da Qualidade de Vida faça estudos para a implantação de um espaço próprio e exclusivo para a soltura de pipas. O chamado “pipódromo” consta no Requerimento Nº 289/2021, apresentado na sessão de 19 de abril.

De autoria dos vereadores Palhinha, Cláudia Gabriel, Marcelo Sleimman, todos do DEM, e de  Lelo Pagani (PSDB), o texto foi aprovado pelos demais integrantes da Casa de Leis. Compete, agora, o Executivo responder à solicitação.

Segundo requerimento, o “pipódromo” seria estabelecido como um local seguro, em espaço aberto, para a prática da soltura de tais objetos, sem incidência de fiação elétrica ou tráfego intensivo de veículos automotores, ciclistas e pedestres nas proximidades. Obrigatoriamente seriam utilizados locais como campos de futebol ou terrenos do próprio município.

“A municipalidade tem enfrentado um grande problema nas férias escolares, feriados e finais de semana com a prática de soltura de pipas, que são realizadas de forma incompatível com as normas municipais. As forças de segurança do município de Botucatu realizam muitas ocorrências e denúncias sobre essa prática e, nesse momento, temos que nos debruçar para encontrar soluções para que essa atividade de lazer não aconteça de forma inconsequente e ilegal, pois, é inadmissível, por exemplo, a utilização de linha chilena nas pipas, pois a mesma pode causar vários tipos de acidentes. As pipas também podem causam riscos à segurança das pessoas e danos elétricos por causa de atitudes inconsequentes por parte dos que realizam essa prática perto de cabos de alta tensão.”

apresentaram os vereadores na justificativa do requerimento.

Em Botucatu, a soltura de pipas e objetos relacionados com cerol ou qualquer outro tipo de substâncias que transforme linhas em objetos cortantes é proibida por meio da Lei nº 3745/1998 . Já a Lei  nº 6084/2019  estabelece a promoção de campanhas educativas e de conscientização sobre a soltura destes objetos.

Notícias Botucatu

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes