Botucatu: Saúde do Estado investiga casos de hepatite misteriosa em Botucatu e outras cidades

A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo investiga um caso de hepatite aguda de causas desconhecidas em um adolescente com menos de 17 anos em Botucatu.

Além deste caso em Botucatu, a Saúde do Estado divulgou que outros 31 casos, em outras cidades, também estão em investigação, segundo nota emitida nesta segunda-feira, 04.

Em nota, a secretaria informou que os casos foram identificados nos seguintes municípios: São Paulo, Barretos, Botucatu, Bragança Paulista, Campinas, Cesário Lange, Diadema, Embu Guaçu, Hortolândia, Indaiatuba, Itapevi, Itápolis, Itatiba, Orindiúva, Peruíbe, Ribeirão Preto, Rio Claro, São Bernardo do Campo, São José dos Campos, Sorocaba e Terra Roxa.

Apesar do acompanhamento e investigação, a Secretaria ainda aguarda a conclusão dos exames diagnósticos, e por esse motivo é precipitada a confirmação da doença no estado, “uma vez que somente a conclusão diagnóstica poderá determinar a doença”.

De acordo com o Ministério da Saúde, a doença atinge pacientes com menos de 17 anos, que apresentam sintomas semelhantes aos da doença hepática — como icterícia, diarreia, vômitos e dores abdominais —, porém sem a presença do vírus.

O Ministério da Saúde afirmou que os casos de hepatite aguda são atualizados pela pasta por meio de informes quinzenais.

De acordo com o último boletim, divulgado em 30 de junho, o Ministério investiga dez mortes suspeitas da doença nos estados de São Paulo, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Maranhão e Rio de Janeiro.

R7