Botucatu registrou 3 afogamentos em 2019

No ano de 2019 foram registrados 3 afogamentos em Botucatu: um caso no Rio Bonito e 2 na Cachoeira do Véu de Noiva, no dia 27 de janeiro, um jovem de Botucatu e outro de Itapevi,  faleceram após socorrer uma senhora que estava se afogando.

Na última segunda-feira (30), começou a circular entre os rancheiros no Rio Bonito um abaixo assinado reivindicando que o poder público municipal encontre mecanismos para reduzir os riscos de afogamentos e mortes na área da represa da Barra Bonita, em Botucatu.

Pardini informou que o assunto ainda será analisado com seus secretários para que uma solução seja efetivada durante o verão.

“Conversei sobre a contratação de salva vidas, mesmo que fosse necessário a realização de uma Lei de Ação Delegada para essa finalidade com o Corpo de Bombeiros. O entendimento é de que apesar de justa a reivindicação, não há condições neste momento de termos bombeiros na orla do Rio Bonito, Mina, Véu de Noiva e Marta ou nas 70 cachoeiras que temos com salva vidas, sejam dos bombeiros ou civis. Neste ano aconteceu um afogamento no Rio Bonito. É uma situação trágica, mas a própria família em entrevista na TV TEM revelou que, lamentavelmente, o rapaz estaria alcoolizado”. afirmou.

Após os afogamentos de janeiro de 2019, a Defesa Civil, Conselho de Turismo e Corpo de Bombeiros instalaram placas de orientação aos veranistas sobre os riscos de afogamentos em vários pontos, como o Véu de Noiva, Rio Bonito e Marta, além de tanques em áreas privadas, mas frequentadas por turistas.

Com Botucatu Online – Por Haroldo Amaral

Scroll Up