Botucatu: Raul, filhote esfaqueado pelo dono no pescoço, se recupera bem e será adotado em breve. “Já temos famílias interessadas”

O filhote Raul, que foi resgatado em Botucatu após ter sido esfaqueado no pescoço pelo próprio dono, na noite de sábado, 04, deve ter uma nova família em breve.

De acordo com a protetora dos animais, Luciana Ferreira, que participou da ação que salvou o cachorro de apenas 3 meses, com a Polícia Militar, já existem famílias interessadas em adotar o Raul – que recebeu esse nome em homenagem a um dos policiais que participou da ocorrência.

Segundo a protetora, Raul passou por uma cirurgia no Hospital Veterinário Botucatu (HVB) e está se recuperando bem. Assim que receber alta, deverá ser adotado.

Já o agressor de 29 anos, que esfaqueou o filhote no pescoço, foi preso. Segundo a PM ele estava bastante alterado e foi necessário algemá-lo para encaminhar à delegacia, onde foi preso com base na mudança na lei de maus-tratos a animais, que prevê a prisão de 2 a 5 anos para quem matar, maltratar ou mutilar cães e gatos, e que foi sancionada em 2019. Essa foi a primeira prisão em flagrante por maus-tratos de animais na cidade após a mudança na legislação.

Jornal Leia Notícias

Scroll Up