Botucatu: PT cogita desistir da candidatura à Prefeitura após indeferimento de vice

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Partido dos Trabalhadores (PT) cogita a possibilidade de desistir da candidatura à Prefeitura de Botucatu. Informações apuradas pelo Notícias dão conta de que a legenda, que encabeça a coligação “Juntos com a Força do Povo” ao lado do PCdoB, não tem conseguido indicar um nome que venha a substituir a postulante a vice indicada originalmente, após a impugnação da assistente social Aparecida Franco.

Com isso, foi determinada a indicação de um novo nome para a vaga, cujo prazo vence nesta segunda-feira, 19 de outubro. Reuniões entre as duas legendas ocorreram durante a semana e foram intensificadas no final de semana. Segundo a presidente do Diretório Municipal do PT,  Janete dos Santos Lyma, o partido analisa duas possibilidades de candidaturas a vice, que ficaram de dar seus posicionamentos nas próximas horas.

A dirigente, no entanto, não disse quem seriam os ou as postulantes ao cargo de vice, mas ressaltou que a decisão não afetará a chapa de vereadores. Também salientou que a situação da impugnação não muda a relação com o PCdoB, a quem classificou como “positiva, por novamente ver os dois partidos em alinhamento ideológico nas eleições municipais novamente”.

A candidata a prefeita pelo PT, Priscila Firmino, está regularizada para o pleito de 15 de novembro. Já a impugnação de Aparecida Franco ocorreu porque a coligação não encaminhou todos os documentos necessários para o registro oficial da candidatura ou apresentou documentos incompletos, conforme a Justiça Eleitoral e acabou perdendo os prazos regulares determinados pela Justiça Eleitoral.

Por Flávio Fogueral

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes