Botucatu: População sofre com diversos focos de queimadas pela Cidade

Se não bastasse a forte estiagem que ocorre em 2021 – a maior em 91 anos no Estado de São Paulo – e a baixa umidade, a população de Botucatu está sofrendo também com as queimadas.

Nesta quarta-feira, 25, estão sendo registrados diversos focos de incêndio pela cidade, como no Jardim Tropical e Rubião Júnior; na região do Jardim Santa Eliza, Jardim Botucatu, Indaiá, Recanto Árvore Grande e região da Castelinho. Mas esse problema está se repetindo há semanas na Cidade.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, “as principais causas dos incêndios são o aumento da temperatura, a diminuição da umidade relativa do ar, além das causas humanas como limpeza, acidentais e até mesmo ações criminosas”.

As autoridades destacam que a população pode contribuir com o Corpo de Bombeiros principalmente na prevenção dos incêndios pois após o seu início as condições climáticas são favoráveis para o alastramento.

As ações efetivas são: nunca jogar pontas de cigarro em locais inapropriados, principalmente nas rodovias próximas a vegetação; evitar fazer fogueiras, pois as fagulhas podem ser levadas pelo vento e espalhar as chamas; não soltar fogos de artifício próximo a áreas florestais; nunca queimar seu próprio lixo, pois qualquer descuido pode acarretar em grandes incêndios; em áreas rurais, manter o terreno limpo, capinar a cercas e divisas e criar barreiras (aceiros) que evitam a propagação do fogo caso este ocorra.

Jornal Leia Notícias

Scroll Up