24 de junho, 2024

Últimas:

Botucatu: Polícia investiga agência de turismo após calote em clientes que compraram viagens internacionais

Anúncios

Uma agência de turismo de Botucatu (SP) tem sido alvo de denúncia de clientes por supostamente ‘desaparecer’ após oferecer pacotes turísticos internacionais e cancelar as excursões de última hora. De diversas regiões do país, clientes afirmam terem pago pelas viagens que nunca foram realizadas e, após o cancelamento, não tiveram retorno quanto à devolução do dinheiro.

Segundo a Polícia Civil, o caso já está sendo investigado pela corporação e depende do registro dos Boletins de Ocorrência pelas vítimas.

Anúncios

Uma das denunciantes, relatou ter adquirido um pacote para três pessoas com destino a Portugal, com data de partida marcada para o dia 11 de agosto deste ano.

O valor total do pacote, que foi pago à vista, foi de R$ 12,4 mil. No entanto, desde o momento da compra e do pagamento, a cliente nunca recebeu os vouchers que comprovariam as reservas de voos e hospedagens.

Anúncios

A vítima chegou a receber números de vouchers que não eram reconhecidos pela companhia aérea, evidenciando possíveis indícios de fraude.

O caso é parecido com o de Bruno Alves Castilho, morador de Botucatu. Junto a um grupo de 20 pessoas, ele adquiriu passagens para Punta Cana, com data marcada para o dia 17 de julho.

Segundo a vítima, com a aproximação da data da viagem, o dono da agência falou que não iria cumprir com o combinado porque “gastou o dinheiro embarcando pessoas que estavam com a viagem mais próxima”.

“Aproximadamente 20 pessoas faziam parte do grupo e todas foram lesadas integralmente porque ele não comprou nada. Ele disse que não havia comprado nada e que não tinha o dinheiro para comprar, pois usou nosso dinheiro para embarcar pessoas que estavam com as viagens marcadas mais próximas”, relata.

O prejuízo individual, segundo Bruno, chega a mais de R$ 20 mil. “Meu prejuízo foi de R$ 21,8 mil, mas meu grupo perdeu mais de R$ 200 mil. Estou tentando cancelar a compra no cartão, mas isso é muito pouco provável já que a agência antecipava seus recebíveis”, relata.

Bruno Castilho calcula prejuízo em mais de R$ 20 mil com agência de turismo de Botucatu (SP)  — Foto: Arquivo Pessoal

Bruno Castilho calcula prejuízo em mais de R$ 20 mil com agência de turismo de Botucatu (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

A mineira Maria Raquel Oliveira também se diz lesada pela agência. Após conhecer a empresa, comprou pacotes para a Turquia, com saída em junho deste ano, e para o Egito, em 2024.

Ao lado de um grupo de cerca de 20 pessoas, o sonho de conhecer dois novos países virou pesadelo justamente na hora de embarcar no último dia 14 de junho.

“Eu e meu marido fomos abandonados no balcão da companhia aérea, em São Paulo, sem reserva, nem hotel ou passagem de retorno para Belo Horizonte, que é minha cidade de origem”, conta.

Clientes denunciam descaso com pacotes comprados de agência de Botucatu — Foto: Facebook/Reprodução

Clientes denunciam descaso com pacotes comprados de agência de Botucatu — Foto: Facebook/Reprodução

Segundo ela, a agência justificou o cancelamento de última hora por um “problema de origem técnica” e exigiu o pagamento da passagem para que houvesse o reembolso.

“Eles simplesmente queriam me forçar a pagar a passagem e que no outro dia me reembolsariam. Não deram mais explicações sobre a situação, apenas de que houve um probleminha na agência de origem técnica”, conta.

No momento, com prejuízo de aproximadamente R$ 80 mil e sem retorno quanto à devolução do dinheiro, Maria se diz desesperada, já que continua pagando pelo pacote comprado para o ano que vem.

“Após tudo isso, fiquei de cama, com depressão, vergonha e desespero. Ainda estou pagando parcelas da segunda viagem do Egito e estou com dificuldades de cancelar os pagamentos futuros”, conta.

Após também se sentir lesada pela agência de turismo, a gaúcha de Porto Alegre Melina Giuncione dos Santos Genero, de 39 anos, decidiu procurar por outras vítimas. Hoje, o grupo soma 48 pessoas em um aplicativo de mensagens e busca explicações sobre o destino do dinheiro e os motivos para o cancelamento repentino das viagens.

Clientes denunciam agência de turismo de Botucatu (SP) após não entrega do serviço — Foto: Instagram/Reprodução

Clientes denunciam agência de turismo de Botucatu (SP) após não entrega do serviço — Foto: Instagram/Reprodução

Cliente antiga da empresa, Melina comprou passagens para Punta Cana no dia 09 de maio. No entanto, desta vez, a falta de comunicação e informações sobre a viagem a fizeram desconfiar da entrega do serviço.

“Era uma cliente há bastante tempo e viajava com frequência, nunca tive problema com isso. Comecei a pedir o voucher no mês passado e a agência não me mandava, sempre ficava inventando uma desculpa para não enviar”, comenta.

Intrigada com a situação, Melina resolveu entrar em contato diretamente com o dono da agência, quando, enfim, teve a desagradável notícia de que o acordo não seria cumprido.

“Resolvi ligar para ele para saber a real situação, e ele me informou que não havia reservado o hotel, nem a passagem aérea. Falou que precisaria de mais um tempo. Eu disse que não poderia esperar e que ele tinha que, então, devolver o dinheiro. Foi aí que ele falou que estava quebrado e que não poderia devolver”, relata.

“Liguei para o pessoal que iria viajar e começamos a avisar os demais sobre isso para que ele não enganasse mais ninguém”, comenta.

Vítima entrou em contato com o dono de agência de turismo que não cumpriu com acordo — Foto: Arquivo Pessoal

Vítima entrou em contato com o dono de agência de turismo que não cumpriu com acordo — Foto: Arquivo Pessoal

Segundo ela, o pacote comprado custou cerca de R$ 32 mil, pagos no cartão. “Eu espero recuperar, porém teve pessoas que pagaram à vista, O que é bem mais difícil”, relata Melina.

Fonte: G1

Talvez te interesse

Últimas

Um dos títulos traz informações para quem atua na direção de negócios e o outro aborda o impacto da gestão...

Categorias