Botucatu: Polícia apreende tesoura usada no homicídio em chácara

Um homem de 39 anos foi morto com golpes de tesoura por um colega de quarto, na madrugada desta quarta-feira (1), em uma chácara na alameda João Caetano da Silva, no Jardim Europa, em Botucatu (100 quilômetros de Bauru). O local, que antes abrigava clínica para recuperação de dependentes químicos, estava funcionando como uma espécie de abrigo para pessoas em situação de rua. O suspeito do crime foi preso pelas forças de segurança quando tentava fugir da cidade em um veículo furtado.

O fato ocorreu por volta das 5h. Segundo o registro policial, após um desentendimento, J.P.A., de 38 anos, desferiu vários golpes de tesoura no rosto, nas costas e no tórax de F.J.G.S., que não resistiu e morreu no local. Na sequência, o suspeito ainda arrastou o corpo da vítima para outro quarto para mostrar aos demais abrigados o que havia feito e telefonou para o proprietário do imóvel para confessar o crime.

A Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada, mas J.P.A. acabou fugindo. O local foi periciado e a tesoura com resquícios de sangue foi apreendida. À tarde, por volta das 14h, o suspeito foi localizado e detido por guardas civis e equipes das Polícias Civil e Militar quando tentava fugir de Botucatu em uma caminhonete furtada. Autuado em flagrante por homicídio, ele permaneceu preso à disposição da Justiça.

Fonte: Jcnet