Botucatu: Polícia apreende mais de 1000 porções de maconha e crack em operação no Bairro Alto

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Polícia Militar de Botucatu atendeu ocorrência relativa a tráfico de entorpecentes na noite desta sexta-feira, 20 de novembro. O fato foi registrado na Rua Joaquim Pedro de Matos, no Bairro Alto.

Consta em Boletim de Ocorrência que a viatura da PM fazia patrulhamento pela região quando foi abordado um Chevrolet Corsa, cuja placa constava em um registro de denúncia por tráfico de entorpecentes.

Enquanto faziam a revista, policiais encontraram duas sacolas com diversas porções de maconha fracionadas, pronta para venda.

Ao ser indagado, o homem relatou que havia deixado dinheiro da venda do tráfico no apartamento de sua mãe, no conjunto da CDHU da Vila Jardim. Foi então que policiais se dirigiram até o local indicado e encontraram uma sacola com dinheiro, sendo analisado com um caderno de anotações, que apontava ter registrado mais dinheiro do que o encontrado.

Questionado sobre este fato, o indiciado confessou que guardava o restante do dinheiro em uma oficina na Av Dante Delmanto. As equipes deslocaram até o estabelecimento. Na presença do proprietário foi localizada outra sacola contendo mais uma quantia em dinheiro escondida no capô de um Fusca e, com o proprietário, havia também dinheiro em suas vestes.

Durante busca ao veículo do infrator, foram localizadas duas chaves, as quais não quis falar de onde era. As equipes então foram até a residência constante no disque denúncia e as chaves abriram o portão e porta do imóvel, sendo que na casa não havia nenhum móvel e, em busca no local, foram localizados 109 tijolos de maconha, 1622 porções de maconha embaladas para venda, 936 pedras de crack também embaladas, meio tijolo de cocaína, 3 balanças de precisão, outro caderno de anotações sobre o tráfico, além de grande quantidade de embalagens e aparatos para o fracionamento e embalagem das drogas.

Ainda no boletim de ocorrência, o indiciado confessou que alugava aquele imóvel para guardar e preparar a droga para a venda, sendo que fazia a distribuição diária no município de Botucatu.

O acusado, que não teve a identidade revelada, foi preso.

Por Flávio Fogueral

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes