Botucatu: Novo Governo de Pardini tem mais mulheres e servidores que a gestão passada

O novo governo de Mário Pardini, em Botucatu, iniciou oficialmente na última sexta-feira, dia 1º de janeiro, com promessa de manter o ritmo de trabalho com políticas públicas e obras em infraestruturas nas áreas de educação, saúde, meio ambiente, assistência social, entre outras.

Analisando os últimos 4 anos, o Prefeito reeleito contou que foram intensos e que faria tudo de novo. “Valeu todo o trabalho. Foram 4 anos intensos, os mais intensos de minha vida, com os maiores enfrentamentos. Já tive várias batalhas, muitos desafios, mas se pudesse eu faria tudo novamente”, analisou.

A nova gestão do tucano reeleito ampliou a participação de mulheres e servidores concursados no primeiro escalão. Se no mandato que terminou na semana passada havia apenas a secretária de Assistência Social, Silvia Fumes, e a secretária de Cultura, Cris Cury, na nova gestão são 3 mulheres (Educação, Cultura e Assistência Social).

“Sempre que ocupei funções de chefia me preocupei em valorizar os servidores, seja na Sabesp ou aqui na Prefeitura. Sempre dei reajustes salariais acima da inflação nos últimos 4 anos, procurei valorizar os servidores e a nomeação de alguns servidores para cargos de secretário faz parte desse compromisso”, destacou.

Novidades

A maior novidade no secretariado foi a indicação da servidora Cris Amorim (foto) para a Educação. Ela foi a última a ser convidada. Cris Amorim confirmou o convite na véspera da posse, em reunião no final da tarde de quinta-feira, 31 de dezembro.

“Ela é funcionária de carreira, tem uma longa ficha de trabalho no ensino do Município e do Estado, e vai conduzir a missão de retornar as aulas neste ano, uma das missões mais importantes dos últimos tempos”, afirmou Mário Pardini.

O retorno das aulas vai ocorrer no início de fevereiro. O Prefeito destacou que a Secretaria de Educação é uma das maiores pastas do Município e tem quase a metade dos funcionários da Prefeitura. “Toda essa estrutura vai retornar ao trabalho e a Cris Amorim terá a missão de organizar com cautela necessária a volta das aulas, protegendo nossos servidores com eventual comorbidade e, sobretudo, oferecendo segurança para os alunos que estarão retornando às aulas”.

“Ao ser convidada, primeiro me senti prestigiada pela lembrança do Prefeito Mário Pardini, mas disse que não aceitava e ele falou que era para eu pensar. Dias depois, após conversar com amigos e pessoas próximas, entendi que poderia realizar a missão e comuniquei ao prefeito”, disse a nova Secretária à reportagem.

Mais espaço aos servidores

Pardini também nomeou a servidora municipal Rose Pinton para a Secretaria de Assistência Social. “Ela é uma servidora de carreira, vamos valorizar ainda mais os servidores nessa gestão. Ultimamente ela coordenava o ‘albergue’ e tem dado uma demonstração de compromisso com a população. Ela teve atuação destacada no atendimento das pessoas que foram atingidas pela tempestade de fevereiro passado. Tenho certeza que ela vai se sair muito bem”.

O chefe do executivo indicou entre os servidores pelo menos três pessoas para cargos de secretários: Cris Amorim, Rose Pinton e Paulo Sérgio. “Outros servidores poderão ser incluídos, considerando que deixei aberto aos secretários que convidei que eles montariam suas equipes com adjuntos”.

Na Secretaria de Infraestrutura, o Prefeito nomeou o engenheiro Rodrigo Taborda. “É um jovem que se formou recentemente, vem com muita vontade de trabalhar e é uma das novidades do novo mandato”.

Na Habitação foi confirmado o nome de Luiz Guilherme Silva, que já atuava no Escritório de Planejamento, local onde eram feitos os projetos de obras do Município.

A Habitação esteve entre as pastas que mais contribuíram nos últimos 8 anos, com emprego e renda na cidade, considerando que foram investidos cerca de R$ 900 milhões nos conjuntos habitacionais públicos e privados.

A Zeladoria será comandada por Paulo Sérgio, que atuou como coordenador do Orçamento Participativo do PT, na gestão de Mário Ielo, e, posteriormente, atuou no Governo de João Cury e Mário Pardini, ambos do PSDB. Ele é servidor concursado e já estava atuando na Zeladoria há dois anos.

Filipe Martins vai acumular as funções de Turismo, Meio Ambiente e Agricultura e terá a missão de desenvolver políticas públicas para o setor. Ele durante muitos anos atuou como líder ambientalista da região do Aracatu.

Continuam no governo André Spadaro (saúde), Cris Cury Ramos (Cultura), Geraldo Pupo (Esporte), Fábio Vieira (Governo) e Marcelo Emilio (Segurança). Até as 16 horas de ontem não havia nenhuma edição do Semanário Oficial do Município com as confirmações dos nomes que formam o novo secretariado de governo de Mário Pardini. “Somos a prefeitura na região, entre as cidades do mesmo porte ou maiores, que menos secretarias tem. Nosso objetivo é reduzir os gastos e manter o ritmo de trabalho”.

Haroldo Amaral – Jornal Leia Notícias

Scroll Up