17 de julho, 2024

Últimas:

Botucatu: Músico apaixonado por figurinhas da Copa tem todos álbuns completos e ajuda outras pessoas a completar o álbum

Anúncios

O músico botucatuense Franklin Ramos, 43 anos, maestro da Banda Sinfônica Municipal, tem outra paixão além da música: Figurinhas da Copa do Mundo.

A empresa Panini, que produz os álbuns das Copas do Mundo, fez o primeiro álbum no Brasil em 1990. De lá para cá já foram nove e Franklin tem todos eles, detalhe, todos completos.

Anúncios

“Comecei a colecionar figurinhas em 2014, na Copa do Mundo realizada no Brasil, foi quando montei e completei o meu primeiro álbum. Nesse momento surgiu essa paixão e com isso a necessidade de ter todos os álbuns anteriores também. Procurei na internet e consegui comprar todos os álbuns de 1990 até 2010. Depois, além do 2014, completei o álbum da Copa de 2018 e agora o de 2022, sempre com aquela grande alegria de comprar figurinhas, trocar e na expectativa do próximo”, explicou.

Franklin Ramos tem todos os álbuns completos desde a Copa de 1990

E, o álbum da Copa de 2022, que virou uma febre entre crianças e adultos, trouxe uma novidade aos colecionadores, as figurinhas legends, que são mais raras de serem encontradas nos pacotinhos.

Anúncios

“O álbum da Copa deste ano trouxe essa grande novidade, a tentação dos colecionadores, as figurinhas legends. Quem é colecionador quer ter tudo. Eu gastei mais de R$ 15 mil para montar o quadro com todas as legends. São 80 figurinhas. São 20 jogadores diferentes e cada um tem quatro tipos de figurinhas legends, a bordô, bronze, prata e a ouro. Para ter todas as legends é preciso comprar, porque não se acha facilmente nos envelopes. Comprei por todo o Brasil. Vieram figurinhas do Norte ao Sul”, revelou o músico.

O músico montou um quadro com todas figurinhas legends

Franklin já completou, faz tempo, o seu álbum da Copa de 2022, mas segue trocando figurinhas, aos finais de semana, na Praça Brasil Japão, em Botucatu, e ajudando outras pessoas a completarem seus álbuns.

“Para completar o álbum, a pessoa gastaria em torno de R$ 650, se não viesse nenhuma repetida, o que é impossível. Aí surge a brincadeira das trocas, que é muito bacana. Quem está no final do álbum, para não ficar comprando e tirando repetidas, nos procura para trocar. Também vendo figurinhas avulsas. Muitas pessoas até preferem, porque faz uma economia”, conta.

Quem ainda não completou o álbum e precisa de uma “ajuda” nas trocas, pode entrar em contato com Franklin pelo telefone: (14) 99729-2776.

Franklin troca figurinhas na Praça Brasil Japão, em Botucatu

Jornal Leia Notícias

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios RIADE, Arábia Saudita, July 17, 2024 (GLOBE NEWSWIRE) — O King Faisal Specialist Hospital& Research Centre (KFSH&RC) realizou com...

Categorias