Botucatu: Mulher que morreu após ser atropelada por ônibus foi identificada e sepultada

A mulher que faleceu após ser atropelada por um ônibus da empresa Stadtbus na Rodovia João Hipólito Martins (Castelinho), na noite de terça-feira, 14, em Botucatu, foi identificada pela Polícia como Laura Gisele Claro de Oliveira, de 40 anos, conhecida por “Gi”.

Após o acidente, comerciantes da região informaram que ela era bastante conhecida entre eles, que ficava – ao lado do marido – pedindo dinheiro para as pessoas. Segundo o complexo funerário, Laura foi sepultada às 16 horas desta quarta-feira, 15, no Cemitério Jardim.

Ainda nesta quarta-feira, a empresa Stadtbus emitiu uma nota oficial sobre o acidente.

Confira a íntegra da nota:

Sobre o acidente ocorrido na data de 14/08/2018 envolvendo ônibus de sua propriedade, a empresa STADTBUS TRANSPORTES LTDA esclarece que a vítima saiu do canteiro central e ingressou repentinamente na rodovia por onde o veículo trafegava abaixo do limite de velocidade permitido, não dando tempo ao motorista de tomar qualquer medida para evitar o atropelamento. A empresa lamenta profundamente o acidente e informa que está prestando auxílio aos familiares da vítima, bem como colaborando com as autoridades policiais para a apuração dos fatos.”

 

Leia Notícias