Botucatu: Mulher de policial aposentado assassinado participou do crime para receber seguro de vida

A Polícia Civil de Botucatu esclareceu nas últimas horas o crime que resultou na morte de José Paulo de Almeida, de 61 anos, policial aposentado que foi assassinado dentro de casa na madrugada do dia 27 de julho, em Botucatu

Eliana Calixto, de 53 anos, mulher da vítima, foi a responsável pelo crime motivada pelo seguro de vida do aposentado, diz a polícia. O valor da apólice era de R$ 80 mil. O carro também foi incendiado para que ela recebe o valor do seguro.

Nove pessoas foram presas pela participação no crime, entre elas, Eliana, seu ex-marido, seu filho que já estava preso em Pirajui, duas mulheres e mais um homem.

A mulher de José Paulo deu um lanche com medicação para deixa-lo dopado. Em seguida, permitiu a entrada dos executores que amarram e golpearam a vítima com uma faca.

Presos em Guarulhos/SP, os indiciados pelo homicídio estão sendo encaminhados para Botucatu.

Leia Notícias – Foto Reprodução Facebook