Botucatu: motoristas de aplicativos farão protesto por reajuste de tarifas

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Prestadores de serviços de aplicativos como Uber e 99 realizarão nesta terça-feira, 23 de fevereiro, mobilização que integram desde suspensão das atividades e uma carreata, com objetivo de reivindicar reajuste nas  taxas e repasses aos motoristas. O protesto englobará desde suspensão das atividades por doze horas a uma carreata. Em Botucatu, mais de mil pessoas estão neste setor de prestação de serviços.

A principal reivindicação é quanto ao valor repassado atualmente pelas empresas de aplicativos. Atualmente a 99 repassa R$ 4,85 (são R$ 0,88 por quilômetro rodado) e a Uber, R$ 3,75 pela corrida mínima. Segundo a organização da mobilização, os recentes aumentos da gasolina, já encontrada a R$ 5 em Botucatu e outros gastos como manutenção e seguro tem tornado os custos inviáveis para os motoristas.

A mobilização integra paralisação regional dos motoristas de aplicativos, sendo que a partir das 12 horas os mais de 1 mil trabalhadores do setor não atenderão solicitações de corridas. Essa suspensão deverá se estender até a zero hora de quarta-feira, 24 de fevereiro.

Além disso, uma carreata está prevista para ocorrer a partir das 15 horas, com concentração em frente ao Residencial Cachoeirinha. Os motorista passarão pelas principais ruas e avenidas da Cidade.

Notícias Botucatu

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes