Botucatu: Moradores da Vila Maria relatam sequência de crimes no bairro: “Temos medo de ficar em casa”

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Um dos bairros mais tradicionais de Botucatu, a Vila Maria já foi conhecida pela calmaria entre os moradores.

Nos últimos dias, uma sequência de delitos tem tirado o sono da população. De acordo com os denunciantes a presença de um grupo de adolescentes, principalmente nas Ruas João Morato da Conceição e Joaquim Leandro de Oliveira, próximo da igreja, tem causado transtorno ao moradores.

Na manhã da quarta-feira (20), uma senhora teve a bolsa furtada por um dos jovens, quando ela saia de uma rede de supermercados, com loja recém inaugurada.

Por volta do meio-dia desta quinta-feira (21), um dos adolescentes tentou arrombar o veículo de uma moradora que estava em horário de almoço. Ele assustou quando ouviu o alarme do carro, mas foi visto pela vítima quando tentava arrombar a porta.

Moradores afirmam que não se sentem seguros no local e que falta patrulhamento. ” Esses adolescentes passam o dia sem fazer nada, deitados nas calçadas. Temos medo de chegar em casa, de ficar dentro de casa.”, desabafou uma moradora.

Outro morador relatou que os jovens pulam nos quintais das casas e assustam principalmente os moradores mais idosos. ” Não temos sossego nem dentro de casa”.

A moradora que sofreu a tentativa de furto em seu veículo relatou que não conseguiu ajuda na GCM ou na PM. ” Liguei na Guarda e fui informada que a ordem é que apenas casos relacionados a Covid sejam atendidos. Na Polícia fui informada que a PM só dá atendimento quando o crime é concretizado. Fui orientada a ligar no Disque-Denúncia, mas o número nem chamava. Como vamos fazer? Moro na Vila Maria desde que nasci, há 45 anos. Nunca tive tanto medo de ficar em casa”, finalizou a mulher.

Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes