Botucatu: Médico do HC afirma que é falso o vídeo que diz que vacinados contra Covid terão apenas mais 10 anos de vida

O médico infectologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, Dr. Alexandre Naime Barbosa, chefe da Infectologia da Universidade Estadual Paulista (Unesp), consultor da Associação Médica Brasileira (AMB) e da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), em entrevista, afirmou que é falso o vídeo que tem circulado nas redes sociais, que fiz que os vacinados contra a Covid terão apenas mais 10 anos de vida.

“Não há o menor indício, nem fundamento científico, de que as vacinas poderiam ter alguma interferência na expectativa de vida. Isso é completamente fantasioso”, explica.

Dr. Alexandre Naime Barbosa avalia que o efeito dos imunizantes é exatamente o oposto, o de aumentar a expectativa de vida, já que há a redução ou até a erradicação de doenças por meio da vacinação. Além disso, ele ressalta que grande parte das tecnologias adotadas pelos imunizantes contra a Covid-19 já faziam parte do calendário vacinal brasileiro, com efeitos positivos comprovados há muitos anos.

Segundo o infectologista, qualquer suposto efeito colateral de longo prazo provocado pelas vacinas contra a Covid-19 é “mera especulação”. “É a mesma coisa que dizer que eu não vou entrar em um modelo novo de carro porque nunca foi testado e pode capotar. É um risco meramente especulativo frente a um benefício gigantesco que as vacinas já provaram ter na redução brutal na chance de hospitalização e óbito por Covid-19”, defende.

Jornal Leia Notícias – com informações UOL

Scroll Up