Botucatu: Mãe de menino que morreu após engasgar com comprimido é investigada por homicídio culposo

A Polícia Civil de Botucatu abriu um inquérito para investigar por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, a mãe do menino de 4 anos que se engasgou com comprimido de paracetamol, em Botucatu. A morte foi registrada no sábado (6), quatro dias após ser internado.

Segundo o boletim de ocorrência, a mãe deu meia pílula do remédio ao filho por ele reclamar de dor de dente. Ao perceber que ele havia engasgado, tentou retirar o comprimido com a mão da garganta da vítima, que passou a vomitar.

Pedro Augusto Gomes Silva foi socorrido por equipes da Guarda Municipal e do Samu com uma parada cardiorrespiratória.

Durante o deslocamento até o Hospital das Clínicas (HC), onde foi internado em 2 de novembro, foram realizados procedimentos de reanimação. Nas proximidades do hospital, a criança voltou a respirar e o coração voltou à atividade.

No sábado, segundo informações de amigos da família, a situação da criança se agravou quando os rins pararam. O HC confirmou que a morte do garoto aconteceu às 22h de sábado (6), mas não se manifestou sobre as causas.

O corpo de Pedro Augusto foi enterrado na manhã de domingo (7), no Cemitério Jardim, em Botucatu.

G1

Últimas

Botucatu: Obituário 7 de dezembro

07 dez 2021

Aurora Lopes de Andrade – 85 anos Sepultamento 07/12/21 às 15h no Cemitério Jardim Velório Complexo...

Categorias

Scroll Up