Botucatu: Mãe de Luizinho se emociona com as orações: “Está acontecendo o milagre na vida dele”. Menino sofreu uma queda de 7 metros do telhado da AAB

Juliana Gonçalves, mãe do garoto Luiz Henrique Cordeiro Neto, o Luizinho, de 14 anos, que passou por uma cirurgia após sofrer uma queda de cerca de 7 metros telhado do prédio onde ficam as piscinas aquecidas da Associação Atlética Botucatuense (AAB) na quinta-feira, 13, divulgou um áudio agradecendo as demonstrações de afeto pela recuperação do seu filho.

Ela disse que tem acompanhado e recebido todo o carinho, orações e energias positivas das pessoas.

“Isso é muito lindo. Isso fortalece a gente num tanto, que vocês não fazem ideia. O Luiz, vocês podem ter certeza, está sentindo todo esse amor, todas orações. Continuem firmes, mandem energia positiva para ele. Pensamentos positivos, palavras positivas. O Luiz, ele reviveu. Já está acontecendo o milagre na vida dele. Desde a queda já teve o primeiro milagre, porque ele teve uma parada cardíaca e reanimaram ele no clube mesmo, os bombeiros e paramédicos. Ele está entubado. O caso é bem delicado, é grave, é difícil para mim como mãe falar isso, mas é grave. Mas coloquei nas mãos do Senhor, entreguei meu filho nas mãos do Senhor. É difícil, mas eu tenho fé que vai dar tudo certo, já está dando tudo certo. Ele já venceu três batalhas ontem. Eu não fazia ideia do quanto o Luiz é amado, do quanto nossa família é amada. Continuem precisamos muito de vocês, muito de oração. Às vezes me sinto fraca, com medo, mas não posso. Preciso ficar forte aqui, para nosso menino ficar forte também. Hoje é mais um dia a vencer”, agradeceu a mãe.

De acordo com Juliana, o Luizinho passou por uma cirurgia na quinta-feira, que ocorreu tudo bem. Ela relatou que ele teve lesões no cérebro e sangramento e que ele segue internado no Hospital. Seu estado de saúde ainda é grave e requer cuidados. Ele já realizou também uma drenagem no pulmão, para melhorar sua respiração.

Nas redes sociais há uma grande comoção e diversas mensagens de apoio e oração pela recuperação do garoto de apenas 14 anos.

A Associação Atlética Botucatuense também divulgou um esclarecimento sobre o acidente.

Jornal Leia Notícias

Scroll Up