Botucatu: Luta por sede própria de IML e Instituto de Criminalística continua

Já há algum tempo autoridades da cidade iniciaram o processo de contatos, reuniões e envio de documentação com o objetivo de construir uma sede própria para o serviço regional do Instituto Médico-Legal [IML] e do Instituto de Criminalística [IC].

O terreno para abrigar a sede já foi, inclusive, doado pela Prefeitura ao Poder Executivo Estadual [Decreto Estadual nº. 56.829, publicado no Diário Oficial em 15 de março de 2012].Apesar dos avanços, ainda não existe a confirmação do início das obras.

Na tentativa de garantir que ela seja viabilizada, o vereador Izaias Colino [PSDB] apresentou na sessão de 13/08 requerimento solicitando que o deputado estadual Fernando Cury trabalhe no sentido de consignar, no orçamento estadual de 2019, os recursos necessários para a construção da sede.

“Essa é uma demanda extremamente importante para o nosso município e também para a região. Uma sede própria vai otimizar os serviços dos profissionais que atuam nessas áreas e a melhoria nas condições de trabalho vai se refletir positivamente na concretização da justiça”, justifica o vereador.

O IML é o órgão responsável por fornecer bases técnicas em Medicina Legal para o julgamento de causas criminais e o IC tem por atribuição auxiliar a Justiça, fornecendo provas técnicas acerca de locais, materiais, objetos, instrumentos e pessoas para a instrução de processos criminais.

Fonte: Assessoria Câmara Municipal

Scroll Up