Botucatu: Julgamento do Caso Bruceli; réu confessa e diz que sabia que golpe era fatal

Desde às 9h da manhã desta quinta-feira (8), na Sala do Júri “Dr. Agostinho José Rodrigues Torres”, no Fórum de Botucatu, ocorre o julgamento do réu José Luis dos Santos, de 34 anos, assassino confesso de Bruceli Adonis Soares, 29 anos, na madrugada da segunda-feira 3 de julho de 2017.


Leia Mais: Botucatu: Juri de Caso Bruceli condena réu por homicídio simples com pena de 6 anos em regime fechado


De acordo om informações, José Luis confessou o crime e afirmou que “como técnico em enfermagem, sabia que o golpe era fatal”.

O crime foi registrado pelas câmeras internas de uma casa noturna, que ficava localizada na Avenida Dr. Vital Brasil. O vídeo foi apresentado durante o julgamento e serve como prova principal do crime.

As imagens mostram o momento que José Luiz utilizou uma garrafa log neck para desferir diversos golpes no pescoço de Bruceli.

Ainda no seu depoimento, o réu afirma que se excedeu e que não conhecia a vítima antes. Ele ainda relatou que foi agredido primeiramente por Bruceli, que agiu em legítima defesa e que o vídeo foi alterado.

A defesa também tenta que o júri julgue como homicídio simples e não como homicídio qualificado.

O Leia Notícias segue acompanhado o julgamento em tempo real.

 

Scroll Up