Botucatu: Homem com Covid está há 24 horas esperando vaga no HC para ser internado. Família questiona números de leitos divulgados

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Familiares de um homem de 41 anos, morador de Botucatu, estão sofrendo com informações desencontradas do Hospital das Clínicas de Botucatu e da Prefeitura de Botucatu em relação aos leitos disponíveis para pacientes com Covid-19 na cidade.

O homem, que testou positivo para Covid-19, e apresenta tosse e dificuldades para respirar, está há praticamente 24 horas no Pronto-Socorro Municipal, em isolamento, em uma sala, recebendo oxigênio e medicamentos, enquanto aguarda uma vaga no Hospital das Clínicas para realizar seu tratamento.

O que causa estranheza na família é que os profissionais do PS Municipal informaram que estão esperando abrir uma vaga no HC para que possam fazer a transferência, porém a Prefeitura de Botucatu, em seu Boletim Diário, e o próprio HC, em boletim emitido nesta quarta-feira, 16, informam à população que “apenas” 23 pessoas estão internadas em leitos na enfermaria Covid-19.

Desde o início da pandemia o HC divulgou que tinha disponível 100 leitos de enfermaria, desta forma apenas 23% estaria ocupado e teriam 77 leitos restantes, que poderiam receber o homem de 41 anos. A Assessoria do HC informou que o número de leitos de enfermaria Covid foi reduzido de 100 para 50, nos últimos meses. De qualquer forma, ainda restariam 27 leitos desocupados.

Se o caso dele for de UTI, o HC divulgou que conta com 24 leitos UTI Covid e 20 estão ocupados. Ainda restariam 4 leitos UTI para abrigar o paciente.

Porém, informações passadas por uma fonte do Jornal Leia Notícias, revelam que os leitos de enfermaria Covid que não estão ocupados por pacientes em tratamento pelo novo coronavírus estão sendo usados por pacientes com outras patologias, por este motivo, até que ocorra um remanejamento, ocorre a falta de vagas.

A Assessoria de Imprensa do HC confirmou que são 50 leitos de enfermaria Covid-19 na unidade hospitalar e que 23 estão ocupados com pacientes em tratamento da doença, conforme boletim emitido nesta quarta-feira, 16.

A reportagem questionou a assessoria em relação a pacientes de outras patologias estarem ocupando as vagas na enfermaria Covid. A Assessoria irá se pronunciar em breve, assim que levantar mais informações.

Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes