Botucatu: HC teve semana crítica com ocupação máxima de leitos UTI para covid-19; unidade abre mais espaços emergenciais

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Em pleno período de maior propagação da covid-19 em Botucatu, o Hospital das Clínicas (HCFMB) vivenciou sua semana mais tensa em ocupação de leitos em terapia intensiva (UTI) destinados exclusivamente para tratamento da enfermidade.

A unidade, que é vinculada ao Sistema Único de Saúde (SUS) e atende a pacientes de todo o interior paulista, atingiu a máxima capacidade de seus 30 leitos disponíveis. Isso fez com que operasse, desde quinta-feira (28), com o adicional de mais dois leitos emergenciais. Ou seja, seu índice de ocupação está em 106%, valor que se manteve neste domingo, 31 de janeiro. No mais recente boletim, 25 pacientes internados na UTI já são diagnosticados com o novo coronavírus.

A enfermaria exclusiva para covid-19, que possui 50 leitos, está com 37 internados, sendo que 24 são diagnósticos positivos. O HCFMB está, ao todo, com 69 pacientes sob seus cuidados. Desde o início da pandemia foram 263 pessoas recuperadas e 144 óbitos.

O HCFMB tem atingido diariamente sua ocupação máxima de leitos de UTICOVID. Continuamos nos 106% de ocupação, o que significa que além dos 30 leitos de UTICOVID disponíveis no HC, mais dois leitos foram adequados para pacientes covid positivos. O número de pacientes internados é maior do que o número de leitos disponíveis para covid-19 por seguirmos cumprindo o nosso compromisso em promover assistência à todos os pacientes que precisam do HC neste momento. É importante destacar que a liberação de um leito para paciente covid é criteriosamente avaliado antes da internação, para que os protocolos do Ministério da Saúde estejam em total acordo com as normas de estrutura, higienização e isolamento vigentes”, ressaltou o hospital em nota oficial. 

Devido à situação enfrentada pelo HCFMB, a Prefeitura de Botucatu anunciou ontem (30) um pacote emergencial de medidas que incluem o acionamento de leitos em rede privada, custeadas pelo município. Além disso, promoverá o acionamento de mais 18 leitos semi-intensivos exclusivos para a covid-19 no Pronto Socorro Adulto e no Hospital Sorocabana.

Por Flávio Fogueral – Foto Ilustrativa

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes